Qualidade de atendimento – Parte 3 : As ferramentas

13/04/2017   |

3min de leitura

Boa leitura!

Hoje continuamos com nossa série de postagens sobre qualidade no atendimento. Já falamos sobre a responsabilidade do gestor na construção de uma cultura de bom atendimento. Falamos também sobre como a equipe é importante para que essa cultura se estabeleça e os resultados sejam alcançados.

Agora chegou a hora de falarmos sobre as ferramentas disponíveis para que o atendimento seja mensurado e melhorado.

 

Continuando nossa entrevista com o CEO da Cliente Amigo, Claiton Pacheco, conversamos um pouco sobre como atingir um atendimento de qualidade na prática. A primeira ferramenta que Claiton destaca é um desafio que o gestor precisa estar disposto a enfrentar:

“O empresário deve fazer um desafio consigo mesmo. A ideia é que ele faça durante 90 dias ininterruptos 1 pós venda por dia. Ou seja: todos os dias, durante 3 meses, o gestor deve separar tempo para realizar uma ligação ou conversa com um cliente. Após esse processo o gestor deve compartilhar o feedback com todos aqueles que possuem alguma relação com o cliente, principalmente quanto à elogios! Dessa forma a equipe ficará atenta e se sentirá valorizada. O ponto chave é não afrouxar na disciplina! O desafio deve ser realizado ininterruptamente por 90 dias. Essa ação vai provocar uma mudança de hábito em toda a equipe, e a partir daí a avaliação do atendimento fará parte da rotina”.

 

Com o desafio estabelecido e cumprido a empresa passa a ter informações e subsídios para criar um indicador que possa demonstrar com clareza a o cenário atual da qualidade de atendimento da empresa. Claiton nos fala um pouco sobre o indicador usado pela Cliente Amigo:

“Utilizamos o indicador clientabilidade. A partir dos feedbacks diários esse indicador é percebido. É preciso demonstrar para toda a equipe a importância desse indicador, que é tão imprescindível quanto a rentabilidade do negócio. Além de mensurar o pós vendas existem outras ferramentas para auxiliar na construção desse indicador:

 

  • Pesquisa de cliente oculto,
  • Pesquisa de satisfação (Utilizada pela Webmais, com um índice atual de 93,06% na qualidade do atendimento da nossa equipe)
  • Monitoramento dos processos de atendimento,
  • Correlação na qualidade de relacionamento empresa e funcionários,
  • Monitoramento do engajamento da equipe,
  • Relação entre atendimento e conversão de vendas.

 

Claiton aponta também a importância de as empresas analisarem todos os seus indicadores de forma mais constante e padronizada, pois essa análise contribui para o crescimento do negócio.

É importante destacar que quando a empresa não mensura a qualidade do seu atendimento ela está correndo muitos riscos! Risco de não saber onde está errando. Risco de persistir no erro. Risco de enfrentar uma crise de insatisfação, que com a ajuda da internet pode tomar proporções assustadoras e manchar para sempre a imagem da marca.

 

Agora que já entendemos a necessidade de se mensurar e otimizar o atendimento, sabemos o papel do gestor e da equipe nesse processo e conhecemos algumas ferramentas para colocar as ações em prática vamos conferir o que Claiton nos indica para que possamos estabelecer uma política de atendimento para o negócio:

 

“Como já mencionei, o start da política de atendimento, a realização de mensurações e mudanças deve começar no gestor. A partir de um desejo verdadeiro de entender e atender seus clientes. Ele precisa acreditar na importância do atendimento de qualidade e viver esse atendimento a cada dia. Um ponto chave: o caminho é mais importante do que a velocidade. Fazer cada etapa bem feita. Estabelecer as bases gerenciais do atendimento com dados e análise. Esses são os pontos certeiros que se concluirão num atendimento excepcional e duradouro”.

 

E com essa troca de conhecimentos encerramos a série de post Atendimento de Qualidade. Esperamos que essa dicas e informações possam ser valiosas para o dia-a-dia da sua empresa.

 

Não deixe de conferir também nosso novo ebook, com 10 dicas para melhorar a gestão da sua empresa! Clique no banner abaixo para ter acesso ao conteúdo.

 

Impulsione sua gestão com um ERP especialista no seu negocio!

Agendar demonstração

Compartilhar

Você pode se interessar também!

saúde da empresa

Sistema de gestão empresarial fortalece a sobrevivência das empresas

17/05/2019   |  

5min de leitura

pessoas mesa decidindo escolha de um erp

Como escolher um ERP?

15/04/2019   |  

3min de leitura

Bloco K

Bloco K 2019: Para quais obrigações devo me preparar?

27/11/2018   |  

5min de leitura

Atualização para versão NF-e 4.0 tem nova data!

Atualização para versão NF-e 4.0 tem nova data!

25/07/2018   |  

1min de leitura

Seleção de dicas para arrasar nas vendas

Seleção de dicas para arrasar nas vendas

21/06/2018   |  

4min de leitura

Prorrogado – Nova versão 4.0 para emissão de NF-e passa a ser obrigatória a partir de 2º de agosto/2018.

Prorrogado para 2 de agosto de 2018 a nova versão 4.0 da NF-e

20/06/2018   |  

0min de leitura

Comentários

2 respostas para “Qualidade de atendimento – Parte 3 : As ferramentas”

  1. Kelendafe disse:

    Effet Secondaire Du Cialis 20 Propecia Brust Achat Amoxicillin Pharmacie Distribuer Produits viagra Viagra Ausprobieren Secure Ordering Worldwide Progesterone Medicine Visa Accepted Buy Cheap Strattera

  2. Kelendafe disse:

    Cialis Generico Tadalafil Levitra Bier cialis overnight shipping from usa isotretinoin with overnight delivery Zithromax For Urinary Tract Infection Lasix Sans Ordonnance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar por dentro dos conteúdos exclusivos?

Faça parte dos milhares de usuários que recebem gratuitamente conteúdos exclusivos sobre gestão, legislação, negócios, tecnologia e muito mais!
Top