Desafios das pequenas empresas: quando migrar das planilhas para um software de gestão?

08/11/2016   |

5min de leitura

Boa leitura!

Em Julho de 2014, segundo estudo realizado pelo Sebrae¹, existiam no Brasil 9 milhões de micro e pequenas empresas. E elas correspondiam a mais da metade dos empregos formais no país.

Com a popularização do empreendedorismo e diante de uma sociedade pré-crise, podemos concluir que nesses últimos dois anos esses números tiveram um aumento.

Podemos validar essa conclusão no dia-a-dia empresarial, nas conversas com conhecidos e nos noticiários e reportagens da imprensa. O Brasil se tornou um país empreendedor, e os pequenos negócios são o motor que aquece esse crescimento de novas empresas.

Porém, sabemos que nem tudo é simples e, que pequenas empresas têm suas características e peculiaridades. E é por isso que nos preocupamos também em produzir conteúdo para grandes gestores de pequenas empresas.

 

Os desafios das pequenas empresas

Por terem características tão marcantes e específicas as pequenas empresas passam também por desafios únicos e peculiares.

Se você, leitor, trabalha, já trabalhou, possui, ou já possuiu uma pequena empresa sabe do que estamos falando!

Dentre os vários desafios de gestão e operação de pequenas empresas a gestão financeira é, na maioria das vezes, o maior deles! E o principal motivo para isso está na:

 

  • Falta de capital de giro
    É comum que empreendedores iniciem seus negócios sem se preocupar com um fator chave para a saúde financeira de qualquer empresa: o capital de giro. Numa empresa pequena essa realidade é ainda mais evidente, já que é comum a capacidade de investimento na abertura do negócio cobrir essencialmente os custos de montagem da empresa.
    E essa característica acaba impactando negativamente toda a operação da empresa no seu futuro. Afinal, o capital de giro é um recurso importantíssimo para a manutenção da saúde financeira do negócio, viabilizando sua operação mesmo em períodos de crise, como a baixa nas vendas ou aumento da inadimplência dos clientes.

 

Outra característica atenuante é que a estrutura organizacional das pequenas empresas é mais enxuta e simples. Na grande maioria das vezes não há departamentos definidos, o que nos remete ao segundo desafio dos pequenos negócios:

 

  • Conciliação de variadas funções e tarefas
    O nome já diz tudo: pequenas empresas. São negócios que operam com estrutura física e recursos humanos reduzidos. Nessa estrutura minimizada os empreendedores e seus colaboradores absorvem muitas funções, e acabam assim executando tarefas que se mesclam entre diferentes departamentos de gestão e operação da empresa.
    Essa característica torna-se um desafio quanto o time se compromete com tantas atividades rotineiras e operacionais que acaba desviando o foco da gestão da empresa, mas esse já é um outro desafio.
  • Falta de tempo para gestão
    Não é nada incomum você ouvir de um pequeno empresário, ou de gestor de pequena empresa que ele não consegue se dedicar à gestão do negócio. Essa é uma característica comum, mas muito negativa! Afinal é na gestão estratégica que reside a possibilidade das pequenas empresas atuarem em diferenciação e crescimento. Porém, devido ao fluxo de trabalho e pessoal reduzido, a realidade é que gestores dedicam-se às urgências do dia-a-dia e acabam negligenciando, mesmo que não intencionalmente, as atividades de planejamento e gestão.

 

Nesse cenário que mescla dificuldades financeiras, falta de tempo e necessidade de processos simples de gestão, qual a importância de a empresa poder contar com uma ferramenta que auxilie a minimizar esses desafios?

É imprescindível, talvez? Então vamos conversar agora sobre como entender quando sua empresa está pronta para formalizar sua gestão e contratar um Software ERP para gerir o negócio.

 

Contratação de um software de gestão

Num cenário ideal, antes de iniciar sua operação a empresa já deveria contratar um software e desde o primeiro dia de operação registrar e controlar suas movimentações financeiras, recursos, clientes e produtos. Mas esse cenário ideal está bem longe de ser a realidade das empresas!

Portanto, contratar um software de gestão para uma pequena empresa, que  já possui cadastros e planilhas com informações gerenciais, pode ser uma tarefa difícil, porém incrivelmente recompensadora.

Alguns benefícios de contratar um software de gestão para pequenas empresas:

  • Otimização das atividades operacionais e rotineiras: com um software ERP sua empresa consegue automatizar diversas atividades e ganhar tempo para planejar sua gestão.
  • Acesso facilitado à informação: o acesso à dados e informações importantes torna-se muito mais rápido e prático.
  • Segurança de dados: contrate um software em nuvem, com backup automático e não se preocupe com a segurança das suas informações. Mesmo com perdas em equipamentos seus dados estarão a salvo.
  • Emissão de relatórios: com relatórios gerenciais para as mais diversas operações da empresa fica muito mais fácil avaliar resultados e tomar decisões.
  • Controle financeiro facilitado: com as operações da empresa cadastradas no software a tarefa de gestão dos recursos financeiros torna-se mais assertiva. Permitindo inclusive a projeção de cenários e planejamentos futuros.

Cuidados para a contratação de um software ERP para sua empresa:

  • Implementação: destine tempo para a implementação do software. Conheça todas as ferramentas disponíveis e aprenda a utilizá-las no dia-a-dia.
  • Suporte: certifique-se de que a empresa fornecedora irá disponibilizar suporte para dúvidas e dificuldades de operação no sistema. Verifique se há limite de horas de suporte mensais.
  • Equipe: sua equipe precisa entender a importância e benefícios do software para o dia-a-dia de toda a empresa. A adaptação inicial é um processo complicado, mas que torna-se mais simples quando o time está disposto a aprender para alcançar um objetivo.

Quanto migrar das planilhas para um software de gestão?

Quanto antes melhor! Pense em todo o histórico de operações e cadastros que você utiliza na sua empresa, quanto antes eles estiverem integrados dentro de um ERP melhor para sua gestão e produtividade!

O momento pode ser agora! Dê esse passo em direção a uma gestão mais otimizada: conheça o Software ERP Webmais.

¹ Participação das micro e pequenas empresas na economia brasileira

pequenas empresas

Impulsione sua gestão com um ERP especialista no seu negocio!

Agendar demonstração

Compartilhar

Você pode se interessar também!

saúde da empresa

Sistema de gestão empresarial fortalece a sobrevivência das empresas

17/05/2019   |  

5min de leitura

pessoas mesa decidindo escolha de um erp

Como escolher um ERP?

15/04/2019   |  

3min de leitura

Bloco K

Bloco K 2019: Para quais obrigações devo me preparar?

27/11/2018   |  

5min de leitura

Atualização para versão NF-e 4.0 tem nova data!

Atualização para versão NF-e 4.0 tem nova data!

25/07/2018   |  

1min de leitura

Seleção de dicas para arrasar nas vendas

Seleção de dicas para arrasar nas vendas

21/06/2018   |  

4min de leitura

Prorrogado – Nova versão 4.0 para emissão de NF-e passa a ser obrigatória a partir de 2º de agosto/2018.

Prorrogado para 2 de agosto de 2018 a nova versão 4.0 da NF-e

20/06/2018   |  

0min de leitura

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer ficar por dentro dos conteúdos exclusivos?

Faça parte dos milhares de usuários que recebem gratuitamente conteúdos exclusivos sobre gestão, legislação, negócios, tecnologia e muito mais!
Top