Faça a antecipação de recebíveis na sua empresa

Entenda O Que É Antecipação De Recebíveis e Como Fazer

Imagem de Sanon Matias

A gestão financeira de qualquer empresa precisa ser eficaz para não impactar o seu sucesso. Mas, não se desespere! Isso porque existe uma ferramenta valiosa para ajudar nessa questão: a antecipação de recebíveis.

Antecipar o dinheiro significa ter um valor em mãos de uma venda futura. Essa atitude é ideal em muitas situações para a empresa e pode ser muito benéfica se for usada com estratégia.

Por isso, explicaremos melhor sobre essa forma de obter fundos, quais são seus prós e contras, além de como funciona na prática. Prepara-se para usar mais uma tática eficiente na sua gestão!

Outra forma de gerenciar com sucesso é com o ERP WebMais. O software integra os dados em tempo real, permitindo a tomada de decisão informada sobre quando e como antecipar dinheiro. Faça uma demonstração gratuita agora mesmo!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É Antecipação De Recebíveis?

A antecipação de recebíveis, uma ferramenta financeira cada vez mais popular, oferece às empresas a capacidade de receber o dinheiro das vendas antes do prazo originalmente acordado.

Como Funciona A Antecipação De Recebíveis?

Entender como a antecipação de recebíveis opera é essencial para quem busca acesso rápido aos valores de suas vendas. Esse mecanismo envolve processos como:

  • comprovação de titularidade: demonstração que os valores a serem adiantados pertencem a você ou à sua empresa;
  • análise do pedido: a instituição financeira analisa o pedido de antecipação, considerando histórico de vendas, riscos associados e a qualidade dos recebíveis. Com base nessa análise, é definida uma taxa de juros a ser aplicada ao adiantamento;
  • liberação do adiantamento: uma vez aprovado, o adiantamento é liberado para o solicitante.

Essas etapas podem ser mediadas por diferentes tipos de instituições financeiras, cada uma com suas características:

  • bancos: oferecem taxas de juros mais competitivas, mas o processo pode ser mais burocrático e demorado;
  • Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs): taxas de juros menores em comparação aos bancos, com um processamento mais rápido. É isenta de IOF;
  • factoring: podem cobrar taxas de juros mais elevadas, mas oferecem um processo menos burocrático;
  • fintech e techfin: oferecem serviços personalizados, sendo mais ágeis e eficientes, muitas vezes com taxas competitivas.

Tipos De Recebíveis

Cada um dos tipos de recebíveis tem suas próprias características e implicações em termos de liquidez, segurança e conveniência.

Sendo assim, a escolha de qual método usar depende das preferências do cliente, das políticas comerciais e das necessidades específicas de cada negócio. Vamos explicar!

Cartão De Crédito

O cartão de crédito é um meio de pagamento amplamente utilizado em transações comerciais. A possibilidade de vender a prazo sem sofrer fraudes ou inadimplência é a maior vantagem dessa opção.

Então, quando um cliente faz uma compra com ele, o valor é cobrado no cartão que, em vez de ser pago imediatamente, é adiado para data de vencimento. No entanto, o comerciante recebe o valor da compra em poucos dias.

Depósitos Em Conta

Depósitos em conta se referem ao recebimento de fundos diretamente em uma conta bancária ou de negócios. Eles são seguros e eficientes, pois não há intermediários, o que permite um acesso mais rápido aos valores.

O cliente paga transferindo os fundos diretamente de sua conta para a conta da empresa. Isso pode ser feito por transferências eletrônicas, depósitos em dinheiro ou cheques e Pix.

Cheques Pré-Datados

Cheques pré-datados são cheques emitidos pelo pagador com uma data futura de vencimento. No geral, são usados para pagamentos parcelados ou a prazo.

Trata-se da emissão de um cheque pelo consumidor como pagamento. Assim, promete pagar o valor especificado na data de vencimento indicada no cheque. O comerciante pode depositar o cheque na data de vencimento ou posteriormente.

Ilustração com 3 tipos de recebíveis e ícones que ilustram cada tipo

Quando Eu Devo Fazer Antecipação De Recebíveis?

Por mais que a antecipação de recebíveis seja uma ferramenta valiosa, é preciso saber quando usá-la. Dentre as situações ideais, destacam-se:

  • gestão de fluxo de caixa: em momentos de aperto financeiro, quando o mês fecha no vermelho, a antecipação de recebíveis pode fornecer segurança na gestão do fluxo de caixa;
  • despesas inesperadas: emergências ou despesas imprevistas podem surgir a qualquer momento, impactando a produtividade da empresa. Então, antecipar parte dos recebíveis pode ajudar a restaurar a normalidade operacional;
  • negociações estratégicas: em negociações importantes que requerem um adiantamento para fechar o negócio, vale a pena solicitar o adiantamento dos recebimentos para concluir um acordo que promete trazer um aumento significativo no faturamento futuro.

Benefícios De Fazer O Adiantamento De Recebíveis

Fazer o adiantamento de recebíveis pode trazer várias vantagens para empresas e empreendedores.

Primeiramente, o benefício mais óbvio é o aumento da liquidez. Isso porque o negócio tem acesso imediato a dinheiro que normalmente levaria mais tempo para ser recebido.

Também ajuda a evitar problemas de inadimplência, pois você recebe o pagamento antes do prazo originalmente acordado. É especialmente importante quando se lida com clientes de alto risco.

A antecipação de recebíveis é flexível. Sendo assim, pode ser usada conforme a necessidade da empresa. Você pode optar por antecipar todos eles ou apenas parte deles, dependendo da situação financeira e das metas.

Além disso, ao ter capital disponível para investir em marketing, inovação ou expansão, a organização pode se manter competitiva no mercado e buscar oportunidades de crescimento.

Desvantagens

Embora a antecipação de recebíveis ofereça diversos benefícios, também apresenta algumas desvantagens e considerações que as empresas precisam considerar ao decidir usá-la.

Mas ela não é gratuita. As instituições financeiras cobram taxas de juros ou descontos pelo serviço. Esses custos podem variar e, em alguns casos, ser significativos, reduzindo a lucratividade das vendas.

Em outras palavras, usar frequentemente essa opção pode criar uma dependência financeira. Isso pode significar dificuldades em não ter um plano sólido para lidar com a redução dos recebíveis futuros.

Diferença Entre Antecipação E Empréstimo

A principal diferença entre antecipação e empréstimo é de onde vem o dinheiro pego para usar como capital de giro na empresa. Assim, entender isso é indispensável para não ter prejuízos financeiros.

Na antecipação de recebíveis, o dinheiro é da empresa, apenas sendo liberado antes do prazo originalmente acordado. Além disso, as taxas de juros são mais baixas, tornando essa opção mais atraente para muitos negócios.

Em contrapartida, em um empréstimo, o dinheiro não pertence à empresa, mas sim a uma instituição financeira, como um banco. Então, como há uma alta incerteza sobre o pagamento, geralmente as taxas de juros são mais elevadas.

BANNER O melhor ERP para as finanças e gestão completa de indústrias e distribuidoras

Conclusão

A antecipação de recebíveis é uma estratégia financeira poderosa que oferece inúmeros benefícios às empresas, como você pôde ver.

No entanto, é importante usá-la com responsabilidade e planejamento, considerando cuidadosamente as implicações financeiras e garantindo o cumprimento dos seus compromissos futuros.

Você pode ter muito mais visibilidade financeira, previsão de recebimentos, integração com instituições financeiras e automação de processos com o ERP WebMais

Peça uma demonstração gratuita do software para tornar mais fácil e eficiente o uso da antecipação de recebíveis como uma ferramenta estratégica.

Deixe um comentário