Você sabe o que são os recebíveis de uma empresa?

Entenda O Que São Recebíveis E Veja Como Antecipar

Imagem de Sanon Matias

No mundo dos negócios, a gestão financeira impacta diretamente na manutenção da saúde e do crescimento de uma empresa. Entre as diversas ferramentas e estratégias disponíveis, os recebiveis auxiliam na administração do fluxo de caixa.

Mas sabemos que isso também pode influenciar muito no impulso do desenvolvimento de uma empresa, não importa o seu segmento ou porte.

Por falar em crescimento, o ERP WebMais pode revolucionar a maneira como você gerencia suas finanças e toma decisões informadas, inclusive sobre as suas contas a receber. Entenda mais em uma demonstração gratuita.

Porém, se você ainda não sabe sobre o que se trata esse tipo de operação e como pode ser usada de forma estratégica, vamos te ensinar neste artigo!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que São Recebiveis?

Os recebiveis correspondem aos valores que uma empresa tem a receber de seus clientes ou de outras formas em decorrência de vendas dos seus produtos ou serviços.

Geralmente, são o dinheiro de vendas a crédito, mas também representam uma parte dos ativos do negócio e não podem ser negligenciados pelo setor financeiro na hora de planejar ou fazer relatórios.

Para Que Servem?

Por serem uma fonte de entrada de caixa futura, os recebiveis servem para a manutenção das operações da empresa e para financiar suas atividades diárias. Isso inclui pagamento de fornecedores, investimentos em novos projetos e outras despesas operacionais.

Além disso, podem ser utilizados como garantia para obtenção de empréstimos ou linhas de crédito junto a instituições financeiras. Afinal, esses ativos podem ser convertidos em dinheiro, o que reduz o risco para os credores.

Tipos De Recebíveis

Existem vários tipos de recebíveis e cada um oferece diferentes vantagens e desvantagens para a empresa e para o cliente. Assim, influenciam questões como a velocidade de recebimento, os custos envolvidos e a flexibilidade de pagamento. Então, vamos analisá-los!

Nota Fiscal Ou Desconto De Duplicata

Uma nota fiscal é um documento fiscal emitido pela empresa para registrar uma venda de produto ou serviço. Assim, quando a empresa vende a prazo, ela pode optar por descontar a duplicata. 

Em outras palavras, o negócio pode vender essa duplicata para uma instituição financeira – ou fatoradora, que pagará antecipadamente um valor um pouco menor do que o total da duplicata. Assim, o dinheiro é obtido imediatamente em vez de esperar pelo prazo de pagamento estipulado.

Boleto Bancário

O boleto bancário é um documento emitido pela empresa para cobrar um valor de um cliente. Atualmente, é uma forma de pagamento bastante comum no Brasil.

O cliente recebe o boleto com as informações necessárias para pagamento e pode efetuá-lo em bancos, caixas eletrônicos, internet banking ou casas lotéricas. Geralmente, tem datas de vencimento definidas.

Cartão De Crédito

O pagamento com cartão de crédito é uma forma de receber de forma eletrônica. Sendo assim, o cliente tem a opção de parcelar o pagamento ou pagar o valor total na data de vencimento da fatura.

Além disso, quando ele utiliza o cartão de crédito para efetuar a compra, a empresa recebe o valor através da operadora do cartão de forma mais rápida. Mas, nesse caso, é necessário pagar uma taxa pelo serviço.

Depósito Em Conta

Quando um cliente efetua um pagamento realizando um depósito diretamente na conta bancária da empresa, isso é considerado um recebível por depósito em conta.

Geralmente, o negócio disponibiliza os dados bancários para receber a transferência ou depósito, e após a confirmação do pagamento, o valor entra na conta.

Cheque Pré-Datado

O cheque pré-datado tem uma data futura para ser descontado ou depositado. Assim, é uma forma de pagamento que permite ao cliente adiá-lo para uma data posterior, acordada entre ele e a organização. Ela recebe o cheque, mas só pode efetuar o depósito na data pré-estabelecida.

O Que É A Antecipação De Recebíveis?

É possível fazer a antecipação dos recebíveis. Trata-se do processo financeiro no qual uma empresa vende os valores que tem a receber de seus clientes a prazo para uma instituição financeira, em troca de receber o dinheiro de forma antecipada.

De forma simples, é como se a empresa “adiantasse” o recebimento dos valores que normalmente receberia em um período futuro, obtendo acesso imediato aos recursos.

Exemplo De Antecipação

Suponha que uma distribuidora de bebidas fornece produtos para diversos supermercados na região.

É possível antecipar seus recebiveis

Uma das redes de supermercados fez uma encomenda significativa de produtos no valor total de R$ 50 mil. As condições comerciais estipulam que o pagamento será realizado em 90 dias após a entrega dos produtos.

Entretanto, o planejamento é expandir a frota de caminhões da distribuidora para atender a um aumento na demanda, e essa expansão requer um investimento de capital imediato. É possível usar a antecipação de recebíveis para adquirir os novos veículos.

Ao entrar em contato com uma instituição financeira de antecipação de recebiveis, ela avalia a situação. Eles consideram a reputação do supermercado como pagador e a qualidade do recebível. Então, oferecem uma taxa de desconto de 4% para antecipar o valor.

Nesse caso, a oferta é aceita e um acordo é firmado. Eles transferem R$ 48 mil (R$ 50.000 – 4%) para a conta bancária da distribuidora. Esse dinheiro é aplicado na aquisição dos caminhões.

Quando o prazo de 90 dias se encerra, o supermercado efetua o pagamento integral de R$ 50 mil diretamente à instituição financeira. A transação de antecipação é então finalizada, e a distribuidora pagou uma taxa de desconto de R$ 2 mil.

Nesse cenário, a antecipação de recebiveis permitiu o investimento em crescimento imediatamente. Mas, ao mesmo tempo, a instituição financeira obteve um retorno por assumir o risco e adiantar o pagamento do supermercado.

Diferença Entre Antecipação De Recebíveis E Empréstimo

A principal diferença entre antecipação de recebíveis e empréstimo é a maneira pela qual as empresas obtêm os recursos financeiros de que precisam

A antecipação de recebíveis se baseia na conversão de ativos futuros em dinheiro imediato. Já o empréstimo envolve a tomada de dinheiro emprestado que será devolvido em parcelas ao longo do tempo.

Na antecipação de recebiveis, as empresas aproveitam seus dinheiros pendentes quando há necessidades financeiras imediatas.

Mas, existe uma desvantagem: a empresa receberá um valor ligeiramente menor do que o total dos recebíveis devido à taxa de desconto aplicada.

Por outro lado, o empréstimo é uma opção mais flexível em termos de uso dos fundos. É possível obter uma quantia específica para diversas finalidades, como expansão, compra de ativos etc. No entanto, envolvem a cobrança de juros, o que aumenta o custo total dos fundos obtidos. 

Como Eu Recebo Um Recebível?

Receber um recebível envolve o processo de obtenção dos valores devidos por vendas a prazo ou transações comerciais.

Embora a modalidade mais conhecida seja a venda a prazo, especialmente por meio de cartões de crédito, há diversas outras formas pelas quais empresas e comerciantes podem adquirir recebiveis. Veja as principais:

  • depósito em conta;
  • vendas parceladas;
  • duplicatas;
  • cheques pré-datados;
  • carnês;
  • boletos bancários.

Quais São As Regras Do Mercado De Recebíveis?

Em 2021, entrou em vigor o Registro de Recebíveis, instituído pelo Banco Central. A norma estabelece que todos os valores a receber de vendas de cartão de crédito precisam ser registrados em entidades credenciadas junto ao BC.

A introdução do Registro de Recebíveis beneficiou empreendedores ao liberar a vinculação dos valores de parcelamentos de cartão com processadoras. Assim, permite-se a antecipação ou uso como garantia para crédito.

Isso fomenta competitividade entre empresas, resultando em soluções personalizadas e vantajosas para os empreendedores.

Em 2023, haverá algumas mudanças no mercado de recebiveis. A primeira permite que lojistas acessem seus recebíveis e contratos, facilitando negociações e contestações.

Já a segunda estabelece uma governança para garantir dados consistentes entre registradoras, promovendo eficiência e padronização tecnológica. Isso impulsiona a transparência e a competitividade.

BANNER Gestão completa para indústrias e distribuidoras com o ERP WebMais

Conclusão

Os recebíveis se estabelecem como uma peça-chave no tabuleiro financeiro das empresas, influenciando diretamente sua saúde financeira e capacidade de investimento.

Então, compreender o significado deles e como antecipá-los de maneira estratégica pode abrir portas para um gerenciamento financeiro mais ágil, eficiente e proativo.

E você pode até integrá-los em um ERP, como o da WebMais, para ter acesso às contas a receber e usar esses dados para automatizar processos de cobrança e tomar decisões informadas. Peça uma demonstração gratuita do software!

Deixe um comentário