Sua gestão financeira é mais completa com um ERP integrado

Como o ERP pode ajudar na gestão financeira?

Um sistema ERP (Enterprise Resource Planning) é uma solução de software que integra diferentes processos de negócios em uma única plataforma. Além disso, ajuda empresas na gestão de tarefas de contabilidade, finanças, recursos humanos, gerenciamento de estoque e cadeia de suprimentos em um só lugar. 

O objetivo principal de um ERP é melhorar a eficiência operacional, reduzir os custos e aumentar a produtividade. Neste artigo, vamos mostrar os principais recursos e benefícios do ERP na gestão financeira. Gostou do tema? Então fique com a gente!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

Gestão de contas a receber e a pagar

A gestão de contas a receber e a pagar é uma parte crítica da gestão financeira de qualquer empresa. Isso vale para o ramo de climatizador de ar industrial ou até mesmo cosmético. 

O ERP pode ajudar a automatizar esse processo, fornecendo um sistema centralizado para rastrear e gerenciar todas as contas. Isso pode ajudar a evitar erros manuais, reduzir o tempo de processamento e melhorar a precisão das informações.

O ERP também pode fornecer informações em tempo real sobre o fluxo de caixa de uma empresa. Dessa forma, permite que os gerentes tomem decisões informadas sobre quando pagar fornecedores ou quando cobrar clientes.

Além disso, pode ajudar a identificar tendências e padrões nas contas, que podem ser usados para prever e gerenciar fluxos de caixa futuros.

Contabilidade e relatórios financeiros

Um dos principais benefícios do ERP na gestão financeira é sua capacidade de fornecer relatórios contábeis e financeiros precisos e em tempo hábil. 

Afinal, ele pode ajudar a automatizar tarefas contábeis, como registrar transações, reconciliar contas bancárias e gerar demonstrativos financeiros.

O ERP também pode gerar relatórios financeiros customizados que permitem aos gestores obter informações detalhadas sobre o desempenho da organização. Eles ajudam a identificar tendências, analisar a performance do passado e prever o desempenho futuro.

Planejamento financeiro

Outra área em que o ERP pode ser útil é no planejamento financeiro, pois ajuda a criar orçamentos, previsões financeiras e análises de viabilidade. 

Esse sistema também pode fornecer informações detalhadas sobre custos de produção e despesas gerais. Um bom exemplo é a instalação de um sensor de temperatura e umidade no prédio da empresa.

Isso pode ajudar os gerentes a tomar decisões informadas sobre investimentos, expansão e outras decisões estratégicas. Além disso, o ERP pode gerenciar riscos ao fornecer informações em tempo real sobre o desempenho financeiro da organização. 

Assim, é possível identificar áreas problemáticas e tomar medidas corretivas antes que os problemas se tornem graves.

A tecnologia no planejamento financeiro
(Um esqueminha visual mostrando os 3 passos e os resultados:)

Finanças > ERP > Controle sobre: 

- Orçamentos
- Previsões financeiras
- Análises de viabilidade
- Custos de produção
- Despesas gerais

Gerenciamento de ativos fixos

O gerenciamento de ativos fixos é outra área em que o ERP pode ser útil. Afinal, pode ajudar a rastrear os ativos fixos de uma empresa, como equipamentos de controle de acesso biométrico e imóveis.

Além disso, o ERP também fornece informações detalhadas sobre a localização, valor e vida útil dos ativos.

Isso pode ajudar a planejar a manutenção e o reparo dos ativos. Por fim, também garante que a empresa esteja em conformidade com os regulamentos fiscais e contábeis em relação à gestão.

Controle de estoque e compras

O ERP também pode ser útil na gestão de estoques e compras da empresa. Este sistema pode ajudar a manter um registro preciso do armazenamento e fluxo de produtos e matérias-primas, bem como gerenciar compras e fornecedores.

Isso pode ajudar a reduzir custos desnecessários e evitar rupturas de estoque de produtos como um purificador de ar portátil, por exemplo. Também melhora o controle no processo de compra.

Além disso, o ERP pode ajudar a gerenciar os custos de produção. Dessa forma, permite-se que os gerentes analisem os custos de matéria-prima e mão-de-obra para tomar decisões informadas sobre os preços de venda.

Em resumo, um sistema ERP pode ser uma ferramenta poderosa para a gestão financeira de uma empresa. 

Afinal, ajuda a automatizar processos contábeis, fornecer informações financeiras precisas, além de auxiliar na tomada de decisões sobre investimentos, orçamentos e outras decisões estratégicas.

No entanto, é importante lembrar que o ERP é apenas uma ferramenta e não pode substituir uma equipe financeira experiente e bem treinada. Então, é fundamental que a organização esteja preparada para investir tempo e recursos na implantação e treinamento do sistema.

Em última análise, o sucesso da gestão financeira de uma empresa depende de uma combinação de habilidades, experiência e tecnologia. 

O ERP pode ser uma parte importante dessa equação, mas deve ser combinado com outros elementos para garantir que a empresa esteja maximizando seu potencial financeiro.

Sua empresa 100% integrada com o ERP WebMais
EXPERIMENTE AGORA

Conclusão

Gostou do texto de hoje? O Soluções Industriais está sempre trabalhando para trazer os melhores conteúdos para seus leitores e esperamos que você continue acompanhando o nosso blog. 

Conte para gente o que achou nos comentários e não esqueça de compartilhar nas suas redes sociais. Até a próxima!

Deixe um comentário