Veja como saber a acuracidade de estoque da sua empresa

Descubra O Que É Acuracidade De Estoque E Como Medir

Imagem de Sanon Matias

Você sabe o que significa acuracidade de estoque? Esse conceito é muito importante para qualquer organização, principalmente indústrias e distribuidoras. Isso porque precisam controlar melhor os itens estocados para ter eficiência nas operações.

De qualquer forma, o correto gerenciamento desse setor é indispensável em termos de lucratividade e competitividade, pois tem influência direta nos processos de compra e venda, além da logística.

Quando bem acurado, evita problemas básicos, como a falta de produtos ou acúmulo no depósito por muito tempo. Por isso, separamos as melhores dicas para você medir e resolver esses obstáculos no seu negócio.

Você pode contar com uma ferramenta eficaz nesse processo: o ERP WebMais. Com ele, é viável ter dados confiáveis e compará-los com mais rapidez. Faça uma demonstração gratuita!

Vamos ao artigo!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É Acuracidade De Estoque?

A acuracidade de estoque é a precisão dos registros e controles de estoque. Mas esses registros precisam ser comparados com a quantidade física de produtos que realmente existem no armazém ou depósito de uma empresa.

Ou seja, é a medida em que o inventário da empresa reflete com exatidão a quantidade de produtos disponíveis para venda.

Portanto, tudo o que está armazenado consta no sistema, desde o número de itens, onde estão localizados, a data de validade, entre outras informações relevantes.

Por Que A Acuracidade De Estoque É Importante?

Se você ainda não entendeu qual a importância da acuracidade do estoque, vamos explicar melhor para não restar dúvidas sobre o seu real benefício a toda empresa.

Uma alta acuracidade de estoque significa que os registros estão corretos e a quantidade de produtos registrados é consistente com a quantidade física de produtos presentes no armazém.

Isso é importante porque impacta outras áreas, como:

  • Cumprimento rápido dos pedidos: a equipe tem dados confiáveis para separar, embalar e enviar com precisão;
  • Armazém eficiente: os colaboradores realizam as tarefas com mais produtividade, pois não precisam percorrer o espaço em busca do que já foi esgotado, extraviado ou não aptos para vendas;
  • Mais eficiência: mantém suas operações em funcionamento, sem abrir brechas para atraso no atendimento de pedidos;
  • Decisões mais assertivas: com dados confiáveis, o gestor pode decidir com mais estratégia, afetando positivamente os setores de produção, compras e vendas.

Quais Os Benefícios Da Acuracidade De Estoque?

Até aqui, você entendeu que a acuracidade de estoque é uma das métricas mais importantes para o gerenciamento de uma empresa. Quando está alta, pode trazer vários benefícios na rotina corporativa. Confira quais são eles!

Armazenagem Acurada

Quando a empresa sabe exatamente o que está disponível em seu estoque, é possível otimizar o uso do espaço de armazenamento. Dessa forma, se evita o excesso de estoque e mantendo um controle mais efetivo.

Com uma acuracidade alta, é possível garantir que todos os produtos estejam armazenados da maneira correta, evitando os danos, vencimentos e as deteriorações.

Atendimento Mais Preciso Dos Pedidos

Ao ter entendimento sobre o que vender, os vendedores atendem aos pedidos dos clientes de forma mais precisa e rápida. Ou seja, pode garantir a disponibilidade para venda e entrega, impedindo atrasos e perda de vendas.

Rotativos Confiáveis De Estoque

Se houver uma boa acuracidade, o gestor monitora com precisão o movimento dos produtos. Assim, ele identifica quais os produtos que estão vendendo mais e quais estão com baixa rotatividade.

Esse acompanhamento ajuda a decidir de forma mais embasada sobre a reposição das mercadorias, para não ter excedentes e reduzir o tempo no depósito.

Economia De Custos

Um controle preciso também poupa a necessidade de realizar contagens de estoque frequentes. Com isso, os custos de mão de obra caem, direcionando o foco para atividades que envolvam as vendas.

Sem mencionar que uma alta acuracidade administra muito bem a gestão de compras para não ter itens de sobras, levando a gastos adicionais com armazenamento.

Redução De Perdas

A empresa visualiza melhor os processos de estoque e pode identificar rapidamente os problemas, como produtos danificados, vencidos ou em demasia. Assim, fica fácil tomar medida para frear as perdas, maximizando seus lucros.

Gerencie seu estoque com precisão
CONHEÇA O ERP WEBMAIS

Como Medir A Acuracidade De Estoque?

Existem várias formas de fazer o cálculo de acuracidade de estoque e ter confiabilidade das informações registradas nos sistemas. Dentre as principais, temos: critério quantitativo, critério qualitativo e divergência do estoque.

Critério Quantitativo

O critério quantitativo é um método comum de medição e envolve a comparação entre a quantidade física de produtos em estoque e a quantidade registrada nos documentos.

A fórmula é:

Acuracidade de estoque quantitativa = Saldo da quantidade física / Saldo da quantidade contábil x 100

Suponha que uma distribuidora de bebidas alcoólicas possui 100 caixas de cerveja registradas. Para aplicar o critério quantitativo, a empresa deve realizar uma contagem física das caixas em seu estoque.

Caso a contagem física apresente uma quantidade diferente da anotada, a acuracidade de estoque será comprometida.

Por exemplo, se a contagem física revelar a existência de 90 caixas de cerveja em estoque, enquanto o documento mostra 100, a acuracidade de estoque será de 90%. Isso pode comprometer o atendimento de pedidos, a gestão de compras e a distribuição dos produtos.

Critério Qualitativo

O critério qualitativo se concentra na qualidade das informações catalogadas, em vez da quantidade física de produtos em estoque.

Seguindo o exemplo anterior, suponha que a distribuidora possui informações imprecisas em relação aos produtos registrados em seu sistema. Para aplicar o critério qualitativo, é preciso verificar a precisão das informações registradas em relação às informações reais.

Por exemplo, se a distribuidora registrou um lote de cervejas com um código de barras incorreto, isso gera confusão no momento do atendimento do pedido.

Dessa forma, a acuracidade de estoque seria comprometida. Para melhorá-la, a empresa deve garantir que as informações fixadas sejam precisas e atualizadas.

Divergência Do Estoque

A divergência do estoque foca em identificar as diferenças entre a quantia física de produtos em estoque e o número registrado nos sistemas da empresa.

Ela pode ser causada por vários motivos. As principais são falhas no processo de recebimento e armazenamento de produtos, erros de registro no sistema, perdas ou roubos de mercadorias.

Considere uma distribuidora de alimentos com seu estoque de 100 pacotes de arroz, mas o sistema apresenta uma quantidade de 110 pacotes.

Conhecer sua acuracidade de estoque é importante para manter a gestão em dia

(Gestor com uma lupa vendo "ACURACIDADE DE ESTOQUE" e um estoque com um checkmark verde)

Para identificar a divergência do estoque, a empresa deve fazer uma contagem física do produto. Se, após a contagem, for verificado que existem apenas 95 pacotes de arroz, a divergência será de 15 pacotes.

Para calcular, use a fórmula:

Divergência de estoque = quantidade física – quantidade no sistema / quantidade no sistema x 100

Com base nisso, o resultado significa que a acuracidade de estoque da distribuidora é de 13,6%. Nesse caso, é preciso manter esse número baixo, para significar menos erros.

Como Alcançar Um Alto Índice De Acuracidade De Estoque?

Após entender como fazer a acurácia do estoque, é o momento de saber como melhorar a acuracidade de estoque, a mantendo sempre em um alto índice.

O nível de acuracidade de estoque ideal é 100%, mas se falarmos em algo mais realista, o alcance de 95% já é considerado uma boa prática de mercado. De qualquer forma, algumas dicas valiosas para evitar números ruins são:

  • Entenda como os seus processos funcionam e quais são eficientes, ou não, para encontrar gargalos logísticos, ajustá-los ou eliminá-los;
  • Reduza os pontos de contato com as mercadorias, evitando que inúmeros funcionários as manuseiem, para diminuir os riscos de extravios e erros humanos;
  • Use código de barras para cada item, organizando melhor o encontro de cada um;
  • Implemente contagens cíclicas para não faltar a checagem dos estoques e ajustar o nível de acuracidade;
  • Use um ERP (Enterprise Resource Planning) para otimizar os processos de gerenciamento de estoque e garantir a precisão dos dados registrados;
  • Treine os funcionários para entenderem que são responsáveis em manter o nível alto de acurácia.
Otimize seus processos de gestão de estoque com o ERP WebMais
EXPERIMENTE AGORA

Conclusão

Manter os níveis de acuracidade de estoque alto é indispensável para o bom funcionamento do setor logístico de qualquer negócio.

Não cuidá-lo pode refletir em verdadeiros prejuízos financeiros e com a insatisfação dos clientes.

Como você viu, não é nada difícil de calcular e de resolver, caso dê resultados negativos. Para isso, basta apenas seguir nossas dicas e evitar dores de cabeça.

Você precisa de um sistema avançado para avaliar a acurácia do seu inventário? Então faça uma demonstração gratuita do ERP WebMais para facilitar essa medição e obter todos os seus benefícios!

Deixe um comentário