uma gestão de ompras ruim pode prejudicar os lucros da sua empresa

Gestão De Compras: Entenda O Que É Como Funciona

Imagem de Sanon Matias

Navegue pelos tópicos

Hoje em dia, as empresas buscam estratégias para otimizar processos internos e externos. E, nesse cenário, a gestão de compras é essencial dentro de qualquer negócio, principalmente na hora de regular os preços e estoques.

Mas você sabia que a automatização pode melhorar ainda mais esse procedimento? Isso porque ela diminui o trabalho manual dos gestores e complementa a gestão com muitos outros benefícios.

Se você quer automatizar a gestão de compras da sua empresa, esse artigo vai te ajudar! Acompanhe e entenda, de uma vez por todas, o que é essa área e o porquê de automatizá-la dentro de seu negócio.

Além disso, vamos ver quais são os benefícios dessa mudança e como fazer esse procedimento, transformando o processo manual em automatizado.

A nossa dica é que, depois da leitura, você assista uma demonstração gratuita do ERP WebMais. Com o módulo de Compras, sua gestão terá dados, indicadores e relatórios importantes para manter a administração de compras sempre em dia.

Mas, antes, vamos acompanhar o artigo. Boa leitura!

BANNER TOPO BLOG Estoque, compras e muito mais

O Que É Gestão De Compras?

Você sabe o que é gestão de compras? Ela é responsável por realizar a escolha de fornecedores. Mas não é só isso. Ela também acompanha produtos que entram e saem do estoque e equilibra os valores colocados nos produtos deste negócio.

Podemos dizer, então, que ela é um dos principais pilares dentro de um negócio. Mas isso, é claro, se considerarmos que esse setor é o maior responsável por fazer boas compras e boas escolhas para a empresa.

Quanto melhor for essa decisão por parte dos gestores de compras, mais resultados positivos uma empresa adquire. E isso é ainda mais expressivo quando falamos sobre faturamento.

É importante salientar que essa é uma área que também atua em conjunto com a gestão de estoque. Isso porque ela precisa definir quais serão as próximas compras e o custo que tomarão para a venda.

E lembre-se: essas duas equipes precisam estar alinhadas! É que, para fazer qualquer compra, é necessário saber o que está no estoque e qual mercadoria gera mais demanda entre os consumidores.

COMPRAS E ESTOQUE, TUDO EM UM SÓ LUGAR CONHEÇA O ERP WEBMAIS

Como Funciona Na Prática O Processo De Compra?

Na prática, o processo de compra já se inicia com a demanda. Ela representa a necessidade que a empresa tem de comprar um item, material ou mercadoria. A partir daqui, o setor de Compras, através da gestão de compras, abre o processo.

Depois da demanda, é necessário cotar os fornecedores, analisar preços dos produtos, junto do nível de qualidade, prazo de entrega e afins.

Com todos os dados em mãos, é hora de negociar com os fornecedores. A ideia é conseguir os melhores preços e garantir, sempre, um bom prazo de entrega. Então, basta emitir a ordem de compra e aguardar a entrega dos itens.

Falando em ordem de compra, será que o seu negócio está com as ordens em dia? Se precisar de ajuda, saiba que o ERP WebMais pode te ajudar. Por isso, fale com nossos especialistas e conheça o sistema. 

Por Que Automatizar A Gestão De Compras?

Neste momento você deve estar se perguntando sobre a possibilidade de automatizar a gestão de compras. Sim, sabemos que você deve imaginar que esse é um processo que só ocorre manualmente e com diversos colaboradores trabalhando em conjunto.

Que o serviço acontece em parceria, isto é verdade. Contudo, é possível, sim, automatizar esse processo e melhorá-lo ainda mais dentro de uma empresa.

Adotar esse tipo de sistema é uma maneira de otimizar o funcionamento de uma empresa. Isso porque ele centraliza serviços dentro de um sistema e adapta os demais colaboradores em setores que precisam de mais serviços manuais.

Pensando nisso, criamos uma pequena lista que mostra as vantagens de fazer a automatização da gestão de compras. Veja! 

Fluxo De Processo Simplificado

Ao adotar a automatização da gestão de compras, o fluxo de processo é simplificado. É que, com a tecnologia, as atividades são separadas de forma otimizada. Assim, o serviço fica mais claro e eficiente.

Além disso, os erros são praticamente eliminados. Isso significa que situações como requisições esquecidas, formulários perdidos ou atrasos, não ocorrem mais.

Vamos exemplificar! Imagine que você tenha 5 demandas diferentes para um dia, mas que precise fazer tudo de forma manual.

Durante a separação e expedição dos pedidos, podem ocorrer alguns problemas. O principal é a falta de itens durante o procedimento, gerando uma grande dor de cabeça entre empresa e consumidor.

Um sistema integrado que exija o registro de entrada e saída de produtos facilita a identificação desses possíveis erros. Assim você evita situações inoportunas na relação com o cliente ou em demais situações. 

Burocracia

A burocracia da gestão de compras também é reduzida nesse processo. Quando um colaborador precisa fazer todo o serviço desse setor manualmente, ele é obrigado a passar por uma série de registros desnecessários para conseguir a liberação do produto.

Pense que você precisa enviar um material de alto valor urgente. Porém, não pode colocar para entrega enquanto não registrar em cada papel e organizá-los em seus lugares.

Além disso, um superior precisa dar aprovação e, também, marcar todos os papéis que você registrou. Dessa forma, muito provavelmente, durante esse período, haverá um atraso com a saída da mercadoria.

Então, com a automatização, você resume todo esse procedimento em apenas um sistema e poucos cliques. Além disso, se comparada com o serviço manual, a burocracia é certamente reduzida.

CHEGA DE ESPERAR MUITO POR UM PROCESSO QUE PODE SER FEITO EM SEGUNDOS CLIQUE PARA REMOVER A BUROCRACIA DA SUA EMPRESA

Redução de Custos

Ao adotar a automatização, o gestor de compras tem uma diminuição de custos no financeiro da empresa. Isso ocorre por conta de que há menos esforços manuais e menos necessidade de contratar novos colaboradores.

Pense que a sua empresa já possui 60 funcionários, mas que só dentro da gestão de compras há um time com 6 pessoas.

Além de gerar um custo mais alto para a empresa, essa decisão não reflete na qualidade do serviço. E isso é reforçado principalmente se a equipe não usa um sistema integrado para simplificar os processos.

Por isso, no momento em que a automatização é implementada, o número de funcionários em um mesmo setor diminui. Além disso, essa decisão reflete diretamente nos gastos organizacionais do negócio.

Otimização de Recursos

Com isso, vemos que as equipes conseguem se dividir melhor dentro da empresa. Como você sabe, muitas vezes uma grande quantidade de colaboradores ficavam imersos somente no processo de gestão de compras.

Mas, com a otimização da divisão de equipes, há consequentemente a otimização de recursos. Todos conseguem trabalhar de maneira igualitária, dividindo os processos de maneira justa e trabalhando junto a um sistema que facilita o serviço de muitos funcionários.

Quais São As Responsabilidades Da Gestão De Compras?

É claro, algumas responsabilidades precisam ser cumpridas para que a gestão de compras funcione.

O resultado final precisa refletir, ao menos, um nível mínimo de qualidade. Quanto mais eficiente for o trabalho do setor de Compras, maior será essa qualidade.

Agora, vamos falar sobre quais são essas responsabilidades. Confira:

  • Fazer o planejamento detalhado das compras (quantidade, qualidade, tempo e lugar de entrega);
  • Pesquisar e escolher os melhores fornecedores;
  • Negociar bons preços e condições de pagamento e entrega;
  • Fazer a emissão dos pedidos de compras;
  • Manter o registro de todas as compras;
  • Detalhar e organizar para onde vai cada item comprado;
  • Fazer os cálculos de despesas com estoque;
  • Manter a produção abastecida com matérias-primas e itens necessários;
  • Acompanhar o recebimento dos produtos e manter o relatório de uso atualizado.

Quais Os Objetivos Do Setor De Compras?

Você sabe qual o principal objetivo da gestão de compras? A resposta é simples! O setor de compras busca garantir os produtos e matérias-primas necessárias para manter o fluxo produtivo da empresa em dia.

Quais são os objetivos do setor de compras?  (Pessoa com headset em frente ao pc, com os objetivos apontados pra ele:)  - Garantir produtos e matérias-primas para manter o fluxo da empresa - Procurar pelos melhores preços - Fortalecer o fluxo de caixa - Manter a qualidade dos produtos comprados

Mas não é só isso. A administração de compras também procura pelos melhores preços, fortalecendo o fluxo de caixa da empresa. E é claro, tudo isso sem abandonar a qualidade que o produto precisa apresentar.

A Gestão De Compras É Indicada Para Todas As Empresas?

Como vimos, a gestão de compras e estoque é importante para as empresas. Mas será que todos os negócios devem utilizá-la? A resposta curta é sim!

Isso porque ela permite a otimização dos processos produtivos e de venda, além de garantir boa qualidade nas ofertas. Assim, a gestão toma decisões melhores e a empresa tem mais segurança na hora de negociar com os clientes.

Além disso, essa administração de materiais também traz mais organização e eleva o potencial competitivo da empresa. Isso reduz riscos e garante maior lucratividade com as vendas.

Quais Os Benefícios De Um Processo De Compras Automatizado?

Até aqui, então, entendemos que a gestão de compras pode passar pelo processo de automatização. Também vimos que alguns procedimentos importantes são otimizados com essa escolha dentro de uma empresa.

Está pensando em realmente adotar esse sistema? Então confira os 4 benefícios que um processo automatizado pode oferecer, principalmente em relação aos ganhos de um negócio.

1. Mais Agilidade

Ao automatizar a gestão de compras de sua empresa, certamente esse setor se torna mais ágil. Assim, você facilita procedimentos como conferência de preços e de seus produtos, registro de entrada e saída de mercadorias, entre outros.

Essa rapidez nos processos acontece por conta da centralização das funções em um único sistema. Isso elimina a necessidade de que diversos colaboradores se unam e organizem essas tarefas entre si.

Com apenas alguns cliques, é possível agilizar todos os serviços que um gestor levaria horas ou dias para realizar. 

Vamos imaginar que você precisa registrar a quantidade de saídas do produto Y, mas não possui um sistema para flexibilizar esse procedimento. Dessa forma, o trabalho será redobrado.

Mas, com a ajuda da automatização, é possível lançar tudo dentro do sistema e até mesmo pesquisar na hora que quiser.

2. Confiabilidade Do Processo

Esse, sem dúvidas, é um dos passos mais importantes para quem pensa na automatização em detrimento aos gestores de compras de sua empresa. A confiabilidade no processo é muito maior, já que erros são quase nulos por não haver cálculos e demais interferências manuais.

Existem situações em que um ou dois colaboradores, por exemplo, ficam responsáveis por fazer o registro de todo o estoque. Além disso, é comum que cuidem da entrada e saída de produtos desse espaço.

Nesses casos, as chances de acontecerem erros na contagem são muito grandes. Contudo, com um sistema próprio, esse problema é quase impossível de acontecer.

É importante ressaltar que o funcionário precisa ser bem treinado. Isso porque ele deve se adequar à gestão de compras automatizada e aprender a usar o sistema da maneira correta.

Caso algum dado seja preenchido, inicialmente, de forma errônea, pode interferir em todo o processo também. 

3. Integração Dos Setores

Quando falamos de gestão de compras automatizada, precisamos pensar na integração de setores, mesmo que esse seja um time separado. É que, ainda assim, ele trata da precificação, entrada e saída de produtos e outras funções. Assim, todas as áreas de uma empresa estão interligadas a ele.

Por isso, adotar um ERP automatizado, que integra todos os setores, facilita o trabalho dessa equipe. Mas não é só isso, já que o serviço de todos dentro de um negócio é agilizado, otimizando o processo diário dentro da empresa.

Pense, por exemplo, que você identificou o esquecimento do pedido de uma mercadoria ou viu que há uma quantidade excessiva de produtos no estoque. Essas informações mostram que é preciso ajustar dois problemas e que outros setores serão informados dessa questão. 

CONHEÇA O ERP INTEGRADO QUE VAI OTIMIZAR SEU NEGÓCIO
CLIQUE E VEJA EM AÇÃO

4. Redução De Erros

Com a eliminação de processos manuais e adoção de um sistema que gere todo o processo de compras, muito provavelmente haverá uma redução de erros. Isso porque o software é programado para fazer cálculos exatos e com grande confiabilidade.

Caso algum dado saia errado, é importante lembrar que isso ocorre por conta de preenchimento inadequado. Se você colocou que saíram 10 mercadorias em vez de 20, certamente a automatização desse sistema vai considerar o valor como real.

Então, para evitar essas situações, grande parte dos gestores já programam o seu ERP para identificar inconsistências como estas. 

Como Automatizar O Processo De Compras?

Para que o processo de automatização ocorra na gestão de compras é necessária a adoção de um ERP (Enterprise Resource Planning).

Essa é uma estratégia que visa a integração de diversos setores dentro de um mesmo sistema. A ideia é otimizar o funcionamento da empresa e agilizar o serviço de todos.

Você pensa em adotar essa ferramenta para realizar a automatização da gestão de compras? Então deve entender em quais processos ele pode ser aplicado, além dos benefícios que essa implementação traz.

O ERP WebMais é um bom exemplo de ferramenta que traz tudo o que uma empresa precisa para crescer e prosperar. Focado em indústrias e distribuidoras, o sistema conta com diversos módulos automatizados e interligados. Experimente agora.

Pagamentos

A automatização do pagamento é um grande aliado para o financeiro de uma empresa. Por meio dessa mudança, o sistema garante a cobrança do valor exato aos fornecedores, sem passar por situações inoportunas e demais cobranças por erros manuais.

Com essa adoção, é possível se livrar de dores de cabeça com erros relacionados aos pagamentos dentro de seu negócio. Além disso, agiliza-se até mesmo o processo de vários setores, como a gestão de compras, financeira e administrativa.

Visão Clara Do Processo

Além disso, com o acesso a um sistema completo, é possível ter uma visão mais clara do processo e entender melhor as movimentações internas da gestão de compras.

Acompanhamento Do Histórico De Fornecedores

Por meio dessa automatização, por exemplo, torna-se mais fácil o acompanhamento do histórico dos fornecedores, inclusive se eles realmente são bons parceiros da empresa ou não. Pagamentos, entregas e demais serviços são descritos por meio de um sistema centralizado. 

Inconsistências De Precificação

Com uma gestão de compras automatizada, você acompanha, também, possíveis inconsistências na precificação de um produto. Em vez de você notar esse problema somente na hora de fazer o cálculo de ganhos, o sistema aponta erros, permitindo soluções rápidas.  

Análise De Descontos Que Seriam Aplicáveis Ou Negociáveis

A visão clara do processo também facilita que os gestores analisem possíveis descontos ou demais negociações. 

Com toda a relação da gestão de compras, é possível reavaliar a precificação. Isso permite conceder “bônus” por meio das informações que foram apresentadas no sistema.

Solicitações De Compra E Aprovações

No instante de fazer a solicitação de compras e aprovação do pedido, o processo se torna muito mais rápido. Isso porque existe um sistema para configurar todo o procedimento. 

Além disso, um ERP com funções integradas facilita a identificação de quais áreas estão realmente precisando de aquisições e reposição de estoque. Por isso, raramente uma empresa fica sem mercadoria ou estoca em excesso dentro de seu espaço. 

O ERP MAIS INTEGRADO DO MERCADO
EXPERIMENTE O ERP WEBMAIS

Como Fazer Uma Gestão De Compras Eficiente?

Muitos gestores se perguntam: como é feita a gestão de compras? Mas é possível ir além, aplicando esse conceito de forma eficiente e segura na sua empresa.

Para tanto, separamos algumas dicas que vão te ajudar a implementar um controle assertivo de tudo o que é comprado, otimizando seus resultados. Confira abaixo.

Alinhe As Compras Com A Demanda Do Consumidor Final

Antes de tudo, você precisa saber o que o consumidor final quer – e vai comprar, de forma efetiva. Só assim o Compras vai poder adquirir os materiais necessários para cobrir essa demanda.

Isso porque, sem esse conhecimento, fica difícil saber a quantidade dos itens que a sua produção vai precisar para produzir alimentos suficientes, por exemplo.

Compare Preços E Negocie

Depois que você já sabe o que precisa comprar, é hora de comparar preços e negociar com fornecedores. A ideia, aqui, é encontrar os melhores valores para cada material que a sua empresa utiliza.

E lembre-se de, também, negociar com os fornecedores. Você precisa dos melhores materiais, mas também pode pagar um valor que seja justo para ambas as partes envolvidas na negociação.

Registre Corretamente As Entradas E As Saídas

Registrar corretamente as entradas e saídas é crucial para garantir a gestão eficiente das compras da empresa. Isso permite ter uma visão precisa dos estoques, fornecedores, fluxos de caixa e gastos.

Além disso, registros precisos são necessários para fins fiscais e contábeis, ajudando a prevenir fraudes e erros. Por fim, isso também facilita a sua tomada de decisões.

Padronize Os Produtos E As Descrições

Padronizar produtos e descrições é uma estratégia importante para uma gestão de compras eficiente. Isso permite que a empresa tenha um melhor controle sobre os estoques, evitando erros e desperdícios.

Além disso, a padronização oferece uma melhor comparação entre os preços dos fornecedores, o que pode resultar em economias significativas.

Sua empresa precisa de uma gestão de compras eficiente  (Mãos segurando prancheta com vários tópicos com checkmark verde. O nome do documento é "Compras". No final do documento, tem "Resultados=$")

Ademais, a padronização de produtos e descrições também facilita a gestão de contratos e acompanhamento de pagamentos.

Programe As Compras

Programar as compras é importante para a gestão eficiente da sua empresa, pois permite planejar as necessidades de estoque com antecedência e negociar melhores condições com fornecedores.

Além disso, essa organização também ajuda a prever o fluxo de caixa e evitar problemas financeiros, evitando excessos e falta de estoque.

Organize Os Processos

Ao organizar todos os processos da sua indústria de alimentos, por exemplo, você sabe onde cada matéria-prima é usada, o que precisa para otimizar o estoque e muito mais.

Por isso, é ideal mapear cada etapa da sua linha de produção, entendendo todas as tarefas e atividades que precisam ser realizadas. Assim, será possível otimizar as compras.

Conheça Minuciosamente Os Fornecedores

É impossível fazer bons negócios sem conhecer, exatamente, quem são seus fornecedores. Isso porque é necessário entender como atuam, onde estão localizados e tudo o que oferecem.

Sendo assim, é justo dizer que você deve investir um tempo em conhecer todos os seus fornecedores. Dessa forma, você consegue melhorar as relações e aproximar as empresas, conquistando novas condições de negócio exclusivas.

Monitore Os Produtos E As Atividades Desenvolvidas Na Empresa

Seja para produção ou distribuição, tudo o que é comprado é utilizado na empresa. Ou, ao menos, deveria ser.

Nesse sentido, é importante ficar de olho se isso realmente acontece. Como gestor, é seu trabalho entender para onde vai cada material, se as compras estão sendo utilizadas corretamente ou sendo desperdiçadas, enfim. É preciso monitorar toda a empresa.

Qual A Relação Entre Gestão De Compras E Logística?

Já vimos qual a importância da gestão de compras, como ela é feita e quais os benefícios. Mas qual a relação dela com a logística?

Para facilitar, vamos imaginar que você gerencia uma indústria de alimentos. Dessa forma, fica difícil ignorar a importância da logística para que o negócio dê certo.

Porém, a logística envolve muitos custos. E é aí que a gestão de compras entra. Para reduzir custos com entregas fora de época, estrutura não utilizada por falta de produtos e outros problemas, o setor de compras deve entregar uma boa performance.

Isso porque, sem os produtos necessários para a produção no tempo exato, as entregas podem ser atrasadas e a logística ficará na mão.

Além disso, é importante lembrar que os alimentos são produtos perecíveis e precisam ser consumidos em determinado prazo. Por isso, a relação entre gestão de compras e logística precisa estar em dia para evitar prejuízos.

Qual A Relação Da Gestão De Compras E O Estoque?

A gestão de compras e estoque da sua empresa precisam andar juntas. É que as compras têm forte efeito no estoque, pois boa parte do que é comprado vai parar lá.

Então, podemos perceber que a saúde do seu estoque depende do bom trabalho do setor de compras. Quanto melhor ele for, mais expressivos são os resultados da gestão de estoque.

Imagine o seguinte: matérias-primas que faltam ou que sobram vão afetar diretamente os níveis de estoque. Isso pode gerar problemas com perda de itens por validade, falta de retorno sobre o investimento, entre outros.

Por isso, é necessário integrar os setores de compras e estoque. Assim, o compras sempre vai saber como está a quantidade de itens no estoque, planejando a compra de novos itens de forma inteligente.

aprenda a integrar compras e estoque com nosso ebook baixe grátis

Quais São Os Principais Erros Ao Fazer A Gestão De Compras?

Uma gestão de compras ruim pode ser causada por alguns erros que impactam bastante nos resultados da empresa.

Um dos principais é a compra de muitos produtos com baixo giro. Isso causa a perda de produtos por conta da validade, já que eles ficam parados no estoque.

Além disso, o custo com a manutenção dos itens que não vendem aumenta.

Outro erro é a falta de conhecimento dos melhores fornecedores. Pode não parecer, mas isso impacta diretamente na sua relação com os clientes.

É que, se os seus fornecedores forem ruins, você perde prazos e pode atrasar sua produção pela falta de matéria-prima, por exemplo. Como resultado, o consumidor vai procurar os seus concorrentes.

Para complementar, é comum que se ignore os programas de relacionamento com os fornecedores. Além de encontrar os melhores, é necessário manter uma boa relação.

Isso garante melhores negociações sobre prazos, valores e condições especiais de pagamento.

Quais Os Principais Desafios De Gestão De Compras?

O gestor de compras precisa estar preparado, pois a função traz muitos desafios. Uma boa dica é buscar um curso de gestão de compras. Mas, ainda assim, a prática é bem diferente.

Isso porque, como você sabe, é preciso garantir bons resultados para que a sua empresa prospere. E é no cotidiano que os principais desafios podem surgir. Confira quais são:

  • Gestão de capital humano;
  • Pensar em boas estratégias para negociações;
  • Criar e manter boas relações com fornecedores;
  • Integrar compras e estoque;
  • Encontrar colaboradores qualificados;
  • Equilibrar qualidade e custo acessível.

O Que Considerar Ao Escolher Um Sistema De Gestão De Compras?

Está pensando em implantar um ERP de gestão de compras na sua empresa, mas não sabe o que considerar? Separamos algumas dicas que vão te ajudar a escolher a melhor opção.

Primeiro, é necessário entender que a tecnologia será a sua aliada para otimizar esse controle do que é comprado. Sendo assim, veja o sistema como um investimento importante.

Mas, é claro que esse investimento precisa trazer retornos. Por isso, comece pesquisando os ERPs que integram, centralizem e permitam o acompanhamento das suas informações de forma prática e condizente com a realidade da empresa.

Buscando um sistema de gestão de compras? Considere isso:  (Pessoa com binóculos, olhando para os tópicos:)  - Lembre-se: a tecnologia é sua aliada - Veja o sistema como um investimento - Garanta que o investimento traga retorno - Procure sistemas integrados - Saiba o que procurar no ERP - Praticidade e mobilidade são importantes - Confira a eficiência do suporte - Teste o sistema antes da compra

Além disso, lembre-se de buscar as ferramentas que mais se adaptam às necessidades do seu negócio. Se, além da gestão de compras, você também precisa da emissão de NF-e, por exemplo, considere um sistema que traga essa opção.

Confira o que mais considerar na hora de escolher seu sistema de gestão de compras:

  • Conheça o ERP;
  • Saiba o que a sua empresa precisa resolver com um sistema;
  • Prefira um sistema prático e que ofereça mobilidade;
  • Fique de olho no suporte;
  • Pesquise muito bem;
  • Procure uma empresa com experiência de mercado;
  • Teste o sistema antes da compra.

Como Sincronizar A Gestão De Estoque Com Os Demais Setores Da Empresa?

Como vimos, a melhor forma de integrar setores da sua empresa é através de um ERP. E não seria diferente quando falamos de gestão de compras e estoque.

Isso porque, essa ferramenta cria caminhos para que as equipes possam trabalhar com dados que são vistos por todos os setores envolvidos. Assim, todas as informações são coletadas e analisadas de forma direta e sempre atualizada.

Além disso, os ERPs aumentam a eficiência produtiva da empresa, já que facilita a organização. Como tudo está localizado em um sistema preparado para a gestão, fica mais fácil encontrar o que é preciso para produzir.

Para complementar, essas ferramentas também podem emitir relatórios precisos, de acordo com os dados informados. Esse tipo de documento é essencial para uma boa gestão, dando ampla visão para decisões mais assertivas.

E lembre-se, também, de que os relatórios também ajudam a identificar possíveis gargalos na produção e no estoque, além de outros problemas.

Tudo isso faz com que a gestão de compras e o estoque sejam integrados com mais segurança e facilidade. Assim, a empresa evita problemas de grande impacto com mais tranquilidade.

EMPRESA 100% INTEGRADA? SÓ COM O ERP WEBMAIS
FAÇA O TESTE GRÁTIS 

Como o ERP da WebMais pode ajudar?

Você sabia que o ERP da WebMais pode ajudar no processo de automatização da gestão de compras de sua empresa? O sistema coleta e gerencia dados de forma assertiva, o que realmente otimiza os serviços internos e agiliza o processo de muitos gestores. 

Imagine que você trabalhe em uma indústria têxtil e que tenha uma entrada e saída de mercadorias frequente. Para fazer esse gerenciamento, muitas vezes é necessário o auxílio de diversos colaboradores e, mesmo assim, acontecem erros constantes. 

Com o sistema integrado que a Webmais oferece, a relação dos produtos é feita e enviada para todos os setores necessários. Além disso, o ERP ajuda a dispensar quantidades exageradas de funcionários dentro de cada time, agilizando o processo interno.

Todos os setores são integrados por esse sistema de automação. Então, sempre que um produto chega no seu estoque, é possível realizar a importação da nota fiscal de entrada por meio de um arquivo em formato XML.

Por isso, para você que busca auxílio no seu processo de gestão de compras, conte com a WebMais. Nosso ERP vai automatizar esse procedimento e otimizar os serviços internos de sua empresa. Experimente agora e saiba como.

Conclusão

Por fim, entendemos que a gestão de compras é, sim, um processo que pode passar pela automatização. Esse processo ajuda a liberar o esforço manual, que muitas vezes tomava tempo e ainda saía com erros.

Dessa forma, a adoção de um ERP que contenha o recurso de automatização é a escolha perfeita para o processo de compras. Além de otimizar o funcionamento desse setor, ele também integra todas as áreas e facilita o serviço de todos.

Assim, os sistemas agilizam o procedimento e otimizam o funcionamento desse setor. Quer saber como? Agende uma demonstração gratuita do ERP WebMais e entenda.

Deixe um comentário