Tudo o que você precisa saber sobre o extrato bancário para empresas

Entenda O Que É Extrato Bancário E Para Que Serve

Imagem de Sanon Matias

O extrato bancário é um documento que faz parte da rotina de muita gente. E isso vale tanto para a vida pessoal quanto na profissional, caso você trabalhe perto da gestão ou no financeiro de uma empresa.

Mas você sabe como interpretar o extrato e tirar dele informações que podem ser valiosas para o seu negócio?

É sobre isso que vamos falar aqui neste artigo! O extrato bancário é muito importante para um planejamento financeiro adequado e essencial para a organização das finanças da empresa.

Então, para saber como aproveitar ao máximo essa simples demonstração, é só continuar lendo!

Mas, se quiser entender como o ERP da WebMais facilita seu controle do extrato bancário, então agende uma demonstração agora. Além dessa função, o sistema oferece muito mais para otimizar sua gestão completa.

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É Extrato Bancário?

O extrato bancário é um documento que mostra todas as movimentações financeiras de uma conta bancária em um determinado período, tais como depósitos, saques, transferências, pagamentos e cobranças.

O mais comum é utilizar um extrato mensal, mas a maioria das instituições financeiras permite a emissão de extratos relativos a outros períodos. Assim, pode-se usar semanas, bimestres, semestres e até anos.

Em resumo, o extrato bancário pode demonstrar todas as movimentações ocorridas em uma conta desde a sua abertura.

O Que É Um Extrato Bancário Digital?

Da mesma forma que o extrato bancário impresso, o extrato bancário digital é um documento importante. Isso porque ele também traz as informações sobre todas as movimentações financeiras da conta bancária em um determinado período.

A sua diferença é a forma de emissão, que é eletrônica, sendo feita por meio de aplicativos ou internet banking do seu banco.

Para Que Serve O Extrato Bancário?

O extrato bancário serve como uma espécie de histórico financeiro da sua conta. Dessa forma, você tem controle de todas as movimentações financeiras realizadas na conta bancária.

Nele, constam informações detalhadas sobre as transações como data, valor e descrição, auxiliando no seu controle financeiro.

Por Que Ter O Controle Do Extrato É Importante?

Ter o controle do extrato bancário é importante para gerenciar as finanças, tanto pessoais quanto da sua empresa. E, em uma empresa, esse controle é ainda mais importante para manter a saúde financeira dela.

Isso porque, ao controlar o extrato, você pode comprovar movimentações da conta, identificar possíveis erros e até fraudes.

Um sistema automatizado facilita ainda mais esse controle, integrando as informações bancárias com o restante da sua operação.

Veja alguns dos motivos para você passar a controlar o extrato bancário com regularidade.

Decisões Mais Assertivas

As decisões mais assertivas são sempre baseadas em dados concretos e o extrato da conta bancária fornece essas informações.

Sendo assim, sempre que for tomar decisões de compra, você pode se basear nos dados do extrato do seu banco para ser um guia para suas decisões. Isso vale tanto para as decisões pessoais quanto para sua empresa.

Poder De Negociação

Um extrato bancário pode ser utilizado em negociações como prova de rendimentos ou fluxo de caixa.

Dessa forma, é possível mostrar que a pessoa tem meios financeiros suficientes para arcar com uma dívida ou negociar condições de pagamento.

Prevenção De Golpes

Acompanhando e controlando suas transações bancárias por meio dos extratos, você consegue identificar rapidamente movimentações suspeitas que possam aparecer na conta.

Assim poderá tomar as providências necessárias para evitar fraudes e golpes. A facilidade de conseguir verificar o extrato pelos aplicativos ou Internet Banking auxilia ainda mais a prevenir possíveis golpes.

Benefícios de controlar os extratos bancários da sua empresa

- Decisões mais assertivas
- Poder de negociação
- Prevenção de golpes
- Provas para contestação
- Planejamento 
- Economia

Provas Para Contestação

Ter controle e entender o que acontece com a sua conta é importante para poder contestar descontos indevidos. Nesse sentido, você pode utilizar o extrato como uma prova para fazer esta contestação junto à instituição bancária.

Além disso, o extrato bancário também pode ser utilizado como prova em uma contestação judicial para comprovar renda, fluxo de caixa, movimentações e pagamentos realizados.

Mas, para isso, é importante que o extrato seja coletado de forma legítima e não haja dúvidas da sua autenticidade.

Planejamento

O extrato bancário pode ser utilizado como uma fonte de dados para o seu planejamento, seja ele pessoal ou da sua empresa.

Isso porque, com ele, você consegue identificar onde estão seus gastos e recebimentos e pode planejar onde deve economizar e onde pode gastar a mais.

Economia

Com o extrato bancário, você consegue ter acesso sobre o quanto gasta e ganha, e isso pode ser um grande aliado para gerenciar seus rendimentos. Também é possível saber onde você pode economizar, identificando despesas desnecessárias.

Além disso, pode ser utilizado para acompanhar taxas e tarifas do seu banco e assim buscar por opções mais vantajosas para seus investimentos e transações.

O Que Querem Dizer As Siglas E Códigos Presentes No Extrato?

Quando você emite um extrato bancário encontra alguns códigos e siglas ao lado de cada movimentação. Cada um deles tem um significado, indicando um tipo de transação. 

Atualmente, esses são os principais códigos e siglas presentes nos extratos bancários:

  • C: crédito;
  • D: débito;
  • C/C: conta corrente;
  • C/I: conta investimento
  • DA: valores descontados via débito automático;
  • Dep. Ch.: depósitos realizados por meio de cheques;
  • Dep. Din.: depósitos feitos em dinheiro;
  • TB: transferência bancária;
  • TBI: transferências bancárias feitas pelo site ou aplicativos;
  • PIX, TEDs e DOCs: tipos de transferências bancárias;
  • PAG, PAGTO, PGTO, PG COBRANÇA: pagamentos de boletos bancários;
  • IOF: Imposto Sobre Operações Financeiras, que incide sobre algumas movimentações;
  • ENC: encargos;
  • TRF ou TAR: tarifas mensais de serviços.

O Que Deve Constar Em Um Extrato Bancário?

O extrato bancário deve conter informações detalhadas sobre as transações realizadas. Mas, é importante saber que algumas delas são obrigatórias. Confira quais:

  • valor da transação, indicando se é um débito ou um crédito;
  • data em que foi realizada a transação;
  • descrição da transação, com nome do estabelecimento ou pessoa envolvida na transação;
  • saldo da conta após as movimentações.

Quais Os Tipos De Extrato Bancário?

Atualmente, existem três tipos de extratos bancários disponibilizados pelas instituições financeiras no Brasil. Veja mais sobre cada um deles a seguir.

Comum

Primeiramente, o extrato bancário comum é aquele que permite que o cliente do banco consulte todas as movimentações financeiras das suas contas. Essa opção vai desde a data de sua abertura, selecionando diferentes períodos.

Quais tipos de extrato bancário existem?

- Extrato comum - Extrato mensal consolidado - Anual consolidado (Um banquinho do lado dos tipos, com uma seta em cada apontando para uma empresinha)

Mensal Consolidado

Em resumo, o extrato mensal consolidado traz todas as movimentações ocorridas em um único mês. Assim, esse documento é útil para declarações como o Imposto de Renda e para a comprovação de renda.

Anual Consolidado

Já o extrato anual consolidado traz todas as movimentações financeiras de uma conta durante todo o ano fiscal. 

A principal utilidade desse documento é a declaração do Imposto de Renda, já que ele é solicitado pela Receita Federal. 

Mas, para as empresas, ele pode ser também muito útil como fonte de informações para uma revisão anual das finanças e para o planejamento dos próximos períodos.

Como Tirar O Extrato Da Conta Bancária?

Hoje em dia, obter o extrato bancário está muito mais fácil. Isso porque, além de poder retirar presencialmente no caixa da agência do seu banco, é possível emitir de forma digital em aplicativos ou internet banking. Algumas instituições também disponibilizam o extrato por ligação telefônica.

Aplicativo

Atualmente, uma das formas mais comuns de retirar o extrato bancário é por meio do aplicativo das instituições bancárias.

De forma geral, você pode ir ao buscador do aplicativo do seu banco e procurar por extrato. Mas, se preferir, localize dentro do seu app onde está o botão para retirar extrato, que pode variar de banco para banco.

Normalmente, você poderá especificar o período que deseja consultar e também baixar o documento em formato PDF, para utilizá-lo como documento quando necessário.

Lembrando que, em algumas instituições que possuem estrutura física, será necessário fazer o cadastro do seu aparelho no caixa eletrônico da agência antes de utilizar o aplicativo.

Telefone

Para solicitar o extrato bancário pelo telefone, deve-se entrar em contato com a Central de Atendimento do banco e solicitar o serviço. Mas vale ressaltar que esta é uma modalidade que não é ofertada por todos os bancos.

Internet Banking

Uma das formas de obter o extrato online é pelo Internet Banking. Para isso, será preciso realizar o login na plataforma com os dados bancários e/ou CPF e senha.

Além disso, pode ser requisitado, também, que o usuário faça o download de um software de segurança para conseguir acessar a sua conta.

Em seguida, você pode procurar por extrato e verificar as transações da conta. Assim como no aplicativo, poderá escolher a data ou período para gerar o arquivo, que pode ser salvo como PDF no seu computador.

Caixa Eletrônico

É a opção mais tradicional. O extrato pode ser retirado no atendimento do seu banco e no autoatendimento, em caixas eletrônicos, em agências e na rede de Banco24Horas.  

Mas, é importante lembrar que a instituição financeira não pode cobrar taxas para a emissão de pelo menos dois extratos por mês. O que garante isso é a Resolução n.º 3.919 do Banco Central.

Por isso, é importante verificar o número limite de extratos que podem ser emitidos na sua conta. Isso porque, caso passe essa quantidade, o banco pode cobrar uma taxa para a impressão.

Não perca mais tempo com extratos bancários confusos! Otimize sua gestão com o ERP WebMais

Experimente agora

Como O Extrato Bancário Pode Ajudar No Controle De Gastos?

O extrato bancário pode ser um grande aliado da gestão financeira da empresa.   

Apesar de simples, esse documento traz informações importantes para o negócio. Elas podem ser utilizadas tanto em atividades de rotina, como a conciliação bancária, quanto para o planejamento financeiro do negócio.  

Por meio da análise do extrato, você pode evitar erros no seu controle de fluxo de caixa. Além disso, é possível entender quais são os principais gastos da empresa e identificar aqueles que podem ser diminuídos ou eliminados.

A conferência das movimentações financeiras deve ser uma atividade realizada com frequência na empresa. Por isso, um sistema que integre as informações bancárias e financeiras da sua empresa irá facilitar a sua gestão financeira. 

Assim, é possível ter um controle mais rigoroso sobre as finanças, evitar erros e fraudes e ter ainda mais conhecimento sobre os padrões de gastos e receitas da organização.

Quem Pode Tirar O Extrato Bancário?

Como vimos, o extrato pode ser retirado de forma digital, por sites e aplicativos, ou de forma física no caixa eletrônico. Em alguns casos, também pode ser enviado por e-mail, correio ou até disponibilizado por telefone.

Normalmente, para tirar o extrato bancário, é preciso ser o titular da conta ou possuir procuração na qual esteja previsto poder para isso. 

Para solicitar o extrato bancário, em qualquer das modalidades, é necessário fornecer informações de autenticação, como dados pessoais e senhas. Dessa forma, é possível garantir a segurança da conta.

Extrato Bancário Serve Como Comprovante De Renda?

O extrato bancário pode ser utilizado como comprovante de renda, principalmente no caso de MEIs e autônomos. Mas, existem alguns casos em que o extrato bancário não será aceito como um comprovante de renda.  

Sendo assim, você deve verificar se a instituição a qual você precisa entregar o documento aceita o extrato como comprovante. 

Caso seja permitido, o ideal é retirar um extrato com as movimentações dos últimos três meses. Além disso, de preferência, o documento deve ter a assinatura do seu gerente, para garantir maior validade ao extrato.

Como Comprovar Renda Com Extrato Bancário?

O extrato bancário é um documento que pode ser usado para comprovar renda, especialmente para pessoas que trabalham como autônomos ou que não possuem vínculo empregatício formal.

Para ser aceito, é importante que o extrato contenha as informações necessárias e que esteja de acordo com os requisitos da instituição ou pessoa que está solicitando a comprovação.

Assim, você estará mais bem preparado para atender às necessidades da instituição e alcançar seus objetivos, seja a obtenção de um empréstimo, aluguel de imóveis ou outro propósito que exija a comprovação de renda.

Vamos explicar alguns passos para você usar esse documento como comprovante. 

1. Verifique Os Requisitos

O primeiro passo é verificar os requisitos exigidos pela instituição ou pessoa que solicita a comprovação de renda. Em geral, é necessário apresentar extratos bancários dos últimos 3 a 6 meses.

5 passos para comprovar renda com extrato bancário

No entanto, cada instituição pode ter suas próprias diretrizes quanto aos tipos de documentos aceitáveis, ao período que deve ser coberto e aos formatos necessários.

Os extratos devem estar completos, com todas as movimentações financeiras, e devem conter as seguintes informações:

  • nome do titular da conta;
  • número da conta;
  • data do lançamento;
  • descrição do lançamento;
  • valor do lançamento.

2. Solicite O Extrato Completo

Depois de verificar os requisitos, solicite o extrato completo da sua conta bancária pelo internet banking, aplicativo do banco, caixa eletrônico ou diretamente na agência bancária.

É importante lembrar que, em alguns casos, pode ser necessário obter extratos autenticados ou certificados pelo banco para garantir que sejam aceitos como documentos válidos de comprovação de renda.

3. Destaque Valores Relevantes

Após receber o extrato, destaque os valores relevantes para a comprovação de renda. Esses valores podem incluir:

  • salário;
  • benefícios trabalhistas;
  • aluguéis recebidos;
  • lucros da empresa;
  • dividendos recebidos.

Além disso, é importante destacar quaisquer gastos ou saques que possam ser relevantes para a instituição, como pagamentos de empréstimos ou despesas recorrentes.

Esses destaques tornam mais fácil revisar seus extratos e entender sua situação financeira. Use cores ou marcas visuais distintas para destacar essas informações, tornando o processo de análise mais eficiente para a pessoa ou equipe que revisará seus documentos.

4. Explique Eventuais Variações

Caso haja variações significativas nos valores recebidos, é importante explicar o motivo. Por exemplo, se você recebeu um salário maior em um determinado mês, explique se isso se deve a um bônus, a uma promoção ou a outro motivo.

Uma abordagem eficaz é criar uma carta de explicação que acompanhe o extrato bancário. Nessa carta, você pode detalhar qualquer transação não usual, fornecer contextos relevantes e explicar por que ocorreram. Isso ajuda a esclarecer qualquer dúvida que a instituição possa ter ao revisar seus documentos.

5. Complemente Com Outros Documentos

Se os extratos bancários não forem suficientes para comprovar a sua renda, você pode complementar a documentação com outros documentos, como:

  • declaração de Imposto de Renda;
  • declaração de imposto de renda retido na fonte;
  • declaração de faturamento da empresa;
  • contrato de aluguel;
  • cartas de empregador.

É importante seguir as orientações da instituição e fornecer todos os documentos adicionais necessários para fortalecer sua comprovação de renda.

Gestão financeira integrada com seu banco Conheça o ERP WebMais

Conclusão

Agora você já sabe que o extrato bancário é um documento relativamente simples e fácil de ser emitido. 

Além disso, ele é muito útil para que você possa acompanhar as movimentações financeiras e ter mais controle sobre as finanças da empresa. 

Também vimos que, para uma gestão ainda mais eficiente das finanças empresariais, você deve conciliar a análise do extrato bancário com outras rotinas administrativas.

Sabemos que o momento da conferência dos saldos e extratos entre as contas bancárias e o controle interno demanda tempo e sobretudo, atenção. 

Por isso, nosso sistema possui funcionalidade de relatório de extrato bancário, onde você tem controle das movimentações da sua conta bancária integrado ao sistema da sua empresa.

Agende uma demonstração gratuita com um de nossos especialistas e veja como o sistema ERP WebMais pode facilitar a gestão financeira da sua empresa!

Deixe um comentário