homem-apontando-tela-computador-com-gráficos

Saiba como criar relatórios financeiros para medir os resultados da indústria

Os relatórios financeiros são essenciais para uma gestão eficaz e tomada de decisão estratégica. A questão é que muitas indústrias ainda não sabem como criar esses relatórios, nem quais documentos e indicadores precisam ser analisados para medir os resultados.

Para ajudar nesse problema, escrevemos o post de hoje esclarecendo as principais dúvidas sobre o assunto: o que é um relatório financeiro, qual a sua importância e como fazer o levantamento rápido das informações. 

Além disso, também citamos quais são os erros mais comuns ao interpretar os dados, quais relatórios precisam ser apresentados à diretoria e como a parceria com uma empresa especializada em indústria e distribuição pode ajudar a otimizar seus relatórios e indicadores financeiros.

Esperamos que goste. Boa leitura! 

O que é um relatório financeiro? 

Relatório financeiro nada mais é do que um documento que transmite as informações mais importantes da empresa relacionadas às finanças.

Uma vez que todas as operações de uma empresa estão diretamente relacionadas ao setor financeiro, é fundamental ter acesso a relatórios atualizados para elaborar estratégias e tomar boas decisões.

Importância dos relatórios financeiros

Como os relatórios financeiros mostram informações atualizadas sobre as finanças, eles são extremamente importantes para o gestor da indústria realizar uma gestão eficaz e garantir a saúde financeira do seu negócio. 

Quando utiliza relatórios financeiros, ele consegue identificar com facilidade quanto de contas a empresa tem a receber e a pagar. Não só isso, qual é o saldo em caixa e se possui recursos suficientes para realizar novos investimentos. 

Analisar as informações financeiras garante uma visão mais clara e objetiva sobre o empreendimento. E essa visão permite apontar a necessidade de melhorias para reduzir os custos, aumentar as receitas e melhorar o desempenho. 

Como fazer levantamento financeiro de uma empresa

Para que o gestor tenha acesso aos dados e consiga tomar decisões assertivas, os relatórios precisam ser elaborados rapidamente apenas com as informações necessárias. 

Mas, onde exatamente é possível fazer o levantamento financeiro de uma empresa e criar bons relatórios? Muitas indústrias acabam utilizando documentos prontos que as ajudam a simplificar e organizar os dados, como é o caso das planilhas financeiras.

A planilha financeira é uma ferramenta que pode ser utilizada para registrar os gastos e receitas do seu negócio. Nela você pode anotar todas as entradas e saídas que teve ao longo do mês, e a partir daí administrar todo o seu orçamento. 

capa-ebook-fluxo-de-caixa

O problema de usar as planilhas de controle é que geralmente as informações ficam desordenadas e sem centralização, criando, assim, uma dificuldade para rastrear os dados e formar relatórios confiáveis. 

Geralmente, cada departamento da indústria possui sua própria planilha. Então, isso acaba aumentando ainda mais a dificuldade. Isso porque se torna praticamente impossível avaliar cada um dos dados computados e identificar quem são os responsáveis por inserir essas informações.

Então, você deve estar pensando: “Como posso depender das planilhas e criar relatórios financeiros se as informações ficam todas desordenadas?” De um jeito bastante simples: integrando os dados por meio de uma planilha compartilhada. 

Já existem sistemas financeiros que automatizam toda a coleta e armazenamento das informações, reduzindo o trabalho de alimentar dados em uma planilha. Algumas destas ferramentas oferecem, inclusive, um recurso de rastreabilidade, fundamental para localizar dados, identificar inconsistências e agilizar a organização e qualidade das informações.  

Erros mais comuns ao interpretar os dados 

Elaborar relatórios financeiros não é necessariamente uma tarefa difícil, ainda mais quando se tem o apoio de um software. Na verdade, o maior desafio está em conseguir interpretar os dados de modo que a diretoria compreenda o que está (ou não) dando certo no seu negócio.

Os erros mais comuns ao interpretar os dados geralmente estão relacionados à análise de informações inconsistentes e a escolha errada da visualização de dados.

Se você já cometeu algum erro na interpretação e isso afetou de alguma forma o direcionamento das suas estratégias, veja algumas dicas práticas que podem ajudar você a não errar mais na hora de interpretar os relatórios financeiros: 

1 – Não analise dias corridos, mas sim dias úteis: a sua empresa trabalha de domingo a domingo? Se a resposta for não, não existe necessidade de analisar os relatórios financeiros dos períodos não trabalhados. Foque apenas nos dias que a sua indústria teve movimentação;

2 – Ao analisar os relatórios, leve em consideração a sazonalidade: existem períodos específicos no ano em que a compra de matéria-prima e venda de produtos é maior por conta de festas e feriados. Assim sendo, sempre leve em consideração a sazonalidade na hora de avaliar os números;

3 – Não se atente às variações que ficam escondidas em valores médios: direcionar a atenção às variações escondidas em valores médios pode impedir você de analisar os números da indústria com mais objetividade. Para não perder tempo durante a análise, foque apenas nos dados relevantes para o seu negócio;  

4 – Avalie os números constantemente: a melhor forma de saber se a indústria está no caminho certo é avaliando os números todos dias ou semanas. Deixar para olhar os números apenas no final do mês pode ocasionar no acúmulo de informações ou até na análise errada sobre os dados. 

sistema de gestão financeira webmais

Quais relatórios financeiros se deve apresentar à diretoria?

Agora que você já sabe o que é relatório financeiro, qual a sua importância, como fazer o levantamento rápido das informações e quais são os erros mais comuns ao interpretar os dados, veja quais são os principais relatórios financeiros que devem ser apresentados à diretoria:  

Demonstração do Fluxo de Caixa (DFC)

A Demonstração do Fluxo de Caixa é um relatório que mostra todas as operações de entrada e saída da empresa. Ou seja, recebimentos e pagamentos que ocorreram. 

Esse é um dos principais documentos que precisam ser apresentados à diretoria porque mostra a origem dos recursos e a forma como eles foram utilizados.

Demonstração do resultado do exercício (DRE)

A Demonstração do Resultado do Exercício é um relatório que mostra se a empresa teve lucro ou prejuízo diante de todos os seus gastos e despesas. Esse relatório precisa ser mostrado à diretoria anualmente para ajudar na identificação de melhorias para reduzir os custos e aumentar a lucratividade. 

Relatório de contas a pagar e receber

O relatório de contas a pagar e receber é um documento que mostra os valores que devem ser pagos e recebidos em um determinado período. Esse documento é essencial para a direção controlar as movimentações da empresa, bem como fazer uma gestão eficaz e tomar boas decisões.

Balanço Patrimonial

O Balanço Patrimonial é um relatório que mostra a real situação financeira da indústria. Nesse documento são considerados todos os ativos, passivos, despesas e receitas.

Esse documento é essencial para a diretoria ver como a indústria se comportou em um determinado período, e se ela está com uma base sólida para atender o mercado no futuro.  

Como a WebMais auxilia a otimizar seus relatórios e indicadores financeiros

Uma vez que os relatórios e indicadores financeiros auxiliam na gestão, a empresa precisa ter acesso aos documentos e dados de qualidade o quanto antes. A WebMais Sistemas conta com uma série de relatórios financeiros em seu ERP, dentre eles:

  • Rentabilidade da empresa: nesse relatório você pode verificar a margem de lucro de cada produto por meio da classificação ABC. Você pode analisar qual item gera maior lucro, por exemplo, bem como o que traz menor lucratividade.
  • Fluxo de caixa: você pode utilizar este relatório para visualizar e controlar todas as entradas e saídas financeiras da sua indústria; 
  • Notas emitidas por período: neste relatório você consegue acessar todas as notas fiscais emitidas num determinado mês/ano, bem como avaliar os impostos atrelados a cada uma delas;
  • Gastos por centro de custo: você pode acompanhar esse relatório financeiro para descobrir quanto de crédito ou débito cada centro de custo teve no período.

Se ainda ficaram dúvidas sobre o assunto, entre em contato com um de nossos consultores e descubra todos os benefícios que o Sistema ERP WebMais pode trazer para a sua indústria! 

Deixe um comentário

quatro × 4 =