Tudo o que você precisa saber sobre a análise SWOT (FOFA)

Guia Completo Sobre Análise Swot (FOFA) E As Melhores Dicas

Imagem de Sanon Matias

A análise SWOT é uma ferramenta que analisa como o ambiente interno e externo da empresa influenciam os negócios.

Ela pode ser fonte de insights interessantes e servir como base para o planejamento estratégico, pois permite conhecer mais a fundo o negócio e o mercado.

Neste conteúdo, vamos explicar o que é análise FOFA – sigla em Português – e quais são os seus principais conceitos. Além disso, verá como você pode usar essa ferramenta a favor do seu negócio e da sua marca pessoal.

Mas, antes, temos uma ótima dica para a gestão da sua indústria ou distribuidora!

Para obter informações consistentes e ter suporte para sua avaliação, o ERP WebMais é a melhor solução. Isso porque o sistema centraliza dados em tempo real e fornece tudo o que precisa para encontrar suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Então peça uma demonstração gratuita agora mesmo!

Agora, vamos ao artigo?

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É Análise SWOT?

A análise SWOT é uma ferramenta que permite analisar como fatores internos e externos influenciam a empresa, identificando fraquezas, forças, oportunidades e ameaças.

SWOT é uma palavra composta pelas iniciais dessas palavras em inglês:

  • Strenghts: forças;
  • Weaknesses: fraquezas;
  • Opportunities: oportunidades;
  • Threats: ameaças.

Na tradução para português, a análise SWOT também é chamada de análise FOFA.

Quais Os Conceitos Da Análise SWOT?

Para que você entenda melhor como funciona a análise SWOT, é preciso conhecer cada um dos conceitos dessa ferramenta. Mas, como em português é chamada de FOFA, vamos explicar cada um deles com suas siglas no nosso idioma.

Forças

São os pontos fortes da sua empresa e as vantagens que tem sobre a concorrência. Então, para definir as forças do seu negócio, você deve identificar as atividades melhor realizadas, suas vantagens competitivas e o nível de engajamento dos clientes.

Fraquezas

As fraquezas são as coisas que prejudicam o desenvolvimento do negócio, ou seja, os pontos fracos internos. Para identificá-los, você deve analisar a sua mão de obra, vantagens da concorrência e pontos de insatisfação dos colaboradores.

Oportunidades

Ao contrário das forças e fraquezas, as oportunidades dizem respeito ao ambiente externo. Elas podem acontecer de diferentes formas, como mudanças no cenário político e econômico.

Sendo assim, para identificar oportunidades para a sua empresa, é preciso analisar o mercado e fazer pesquisas que permitam a previsão de acontecimentos que podem impactar o seu negócio.

Ameaças

São eventos externos com impacto negativo para o negócio, ou seja, podem atrapalhar tanto a execução do planejamento estratégico como os resultados de forma mais direta.

Exemplo De Análise SWOT/FOFA

Para entender de uma vez por todas como fazer uma análise SWOT, ou FOFA, vamos exemplificar com uma indústria de eletrônicos.

Forças (S – Strengths):

  • Tecnologia de ponta para a produção de dispositivos eletrônicos de alta qualidade e desempenho.
  • Marca reconhecida e com forte presença no mercado, o que ajuda a atrair clientes fiéis.
  • Equipe talentosa de pesquisa e desenvolvimento, capaz de inovar continuamente e criar produtos competitivos.
  • Economia de escala na produção, o que reduz os custos unitários de fabricação.

Fraquezas (W – Weaknesses):

  • Dependência de fornecedores específicos para componentes críticos, o que a torna vulnerável a interrupções no fornecimento.
  • Ciclos de vida curtos do produto, o que pode resultar em obsolescência rápida dos produtos e em estoques não vendidos.
  • Concorrência intensa, o que pode afetar a margem de lucro.
  • Regulamentações ambientais podem aumentar os custos de conformidade e afetar a imagem.

Oportunidades (O – Opportunities):

  • Mercado emergente, isto é, pode expandir sua presença nesses mercados.
  • Tendências tecnológicas, como a Internet das Coisas (IoT).
  • Parcerias estratégicas, que podem resultar em produtos inovadores e expandir a base de clientes.
  • Economia de energia e sustentabilidade.

Ameaças (T – Threats):

  • Concorrência global que pode afetar os preços e a participação de mercado.
  • Mudanças na regulamentação que podem aumentar os custos de conformidade e restringir as operações.
  • Riscos de segurança cibernética.
  • Mudanças nas preferências do consumidor que podem afetar a demanda por certos produtos eletrônicos.

Com base nessa análise SWOT (FOFA), a indústria pode tomar decisões estratégicas informadas, identificando áreas para alavancar suas forças, superar fraquezas, explorar oportunidades e mitigar ameaças. E é claro, tudo isso à medida que planeja seu futuro no mercado de eletrônicos.

Quadro para análise swot, mostrando forças, fraquezas, oportunidades e ameaças

Para Que Serve A Análise SWOT?

O objetivo da análise SWOT é ajudar o gestor a identificar tudo o que precisa ser melhorado na empresa. Isso porque, com base no levantamento das fraquezas e ameaças, é possível traçar planos para a melhoria de processos em diferentes setores.

Além disso, a análise das forças e oportunidades permite que a empresa possa usar ainda mais os seus pontos fortes. Assim, é possível se diferenciar no mercado e atrair cada vez mais clientes.

Quais As Vantagens Da Análise Da Matriz SWOT?

Montar a matriz SWOT/FOFA da empresa e fazer a sua análise traz diversos benefícios para o negócio. O principal deles é a construção de um planejamento estratégico mais acertado, que considere tanto os pontos fortes como os pontos fracos da empresa.

Assim, é possível traçar planos para melhorar as fraquezas e potencializar as forças.

Além disso, fazer a análise SWOT também é uma forma de identificar problemas e ter insights para a sua resolução. Isso porque permite que o time reflita sobre as causas de cada um deles.

Outra vantagem dessa ferramenta é que ela permite que seja feita uma análise de resultados das estratégias que já estão sendo realizadas pela empresa. Dessa forma, você pode identificar aquelas que estão sendo efetivas e quais precisam ser revistas.

Por Que Usar a Análise SWOT?

De forma geral, a análise SWOT é uma forma de aprofundar conhecimentos sobre o mercado e também sobre o próprio negócio. Assim, você pode usar essas informações como base para um processo de decisão orientado por dados.

Como consequência, a empresa pode desenvolver produtos melhores e mais adequados para o seu público. Além disso, vai melhorar a experiência do cliente, reduzir custos, aumentar o seu market share, melhorar sua imagem, entre outras coisas.

Quem Pode Realizar A Análise FOFA?

A análise SWOT, ou FOFA, pode ser realizada por qualquer tipo de empresa que queira mapear suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Em outras palavras, independentemente do tamanho, faturamento ou quantidade de colaboradores, é possível fazer esse levantamento e uma análise completa das informações registradas. A ideia é entender como os processos podem ser melhorados.

E você sabia que a análise SWOT também pode ser feita para marcas pessoais?

Você é um empreendedor individual e atua sozinho? Então também pode fazer esse levantamento e uma reflexão aprofundada sobre os conceitos SWOT que dizem respeito ao seu trabalho e posicionamento no mercado. 

Como Fazer Análise SWOT Pessoal?

O primeiro passo para fazer a análise SWOT pessoal é conhecer bem os conceitos envolvidos nessa ferramenta – o que você já está fazendo ao ler este artigo!

Depois, é hora de fazer o levantamento sobre as suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Os pontos de reflexão dependem do tipo de atividade que você realiza, mas, de forma geral, você deve analisar:

  • o seu nível de experiência;
  • sua formação;
  • capacidade de negociação;
  • habilidades comportamentais;
  • atividades que faz melhor;
  • dificuldades no dia a dia;
  • o que as pessoas dizem sobre você;
  • feedbacks de clientes;
  • situação financeira;
  • mercado de trabalho;
  • concorrentes;
  • networking;
  • entre outras coisas.

5 Passos Para Montar Uma Análise SWOT

Para criar uma análise SWOT/FOFA completa, é preciso seguir alguns passos básicos. Então, vamos ensinar você para ter uma ferramenta valiosa na tomada de decisões estratégicas.

1. Pense Nos Fatores Internos

Comece identificando os fatores internos, ou seja, as forças e fraquezas da empresa ou projeto.

5 passos para fazer sua análise SWOT

1º Pense nos fatores internos
2º Avalie fatores externos
3º Utilize o trabalho em equipe
4º Seja criativo
5º Classifique as ideias

Essa parte envolve uma análise interna crítica para entender o que a organização faz bem e onde precisa melhorar. Alguns exemplos incluem recursos financeiros, recursos humanos, tecnologia, reputação, capacidades de produção etc.

Vamos a um exemplo. Uma cafeteria observou que suas forças são:

  • Café de alta qualidade com grãos selecionados.
  • Baristas experientes.
  • Localização estratégica em uma área movimentada da cidade.
  • Base de clientes leais.

Já suas fraquezas são:

  • Preços mais altos em comparação com cafeterias concorrentes.
  • Espaço físico limitado, não acomoda muitos clientes.
  • Dependência de fornecedores de grãos específicos.
  • Falta de presença forte nas redes sociais.

2. Avalie Os Fatores Externos

Em seguida, concentre-se nos fatores externos, ou seja, oportunidades e ameaças que afetam a organização.

Para isso, faça uma análise do ambiente externo, como o mercado, concorrentes, regulamentações governamentais, tendências econômicas, mudanças tecnológicas e fatores sociais.

Basicamente, identifique as oportunidades que podem ser exploradas e as ameaças que podem prejudicar a organização.

A mesma cafeteria do nosso exemplo, descobriu que suas oportunidades são:

  • Crescente interesse do público em cafés especiais.
  • Tendência de consumo de produtos orgânicos e sustentáveis.
  • Eventos locais onde a empresa pode promover seus produtos.
  • Parceria com fazendas locais para grãos exclusivos.

Já suas ameaças são:

  • Concorrência forte de grandes redes de cafeterias.
  • Flutuações nos preços dos grãos de café.
  • Regulamentações de saúde pública que podem afetar o funcionamento da cafeteria.
  • Mudanças nas preferências dos consumidores.

3. Utilize O Trabalho Em Equipe

A análise SWOT ou FOFA é mais eficaz quando feita em equipe. Dessa forma, reúna pessoas com conhecimento e experiência relevantes para participar do processo. Cada membro da equipe pode trazer perspectivas diferentes para enriquecer a análise.

No caso da cafeteria, é interessante reunir o proprietário, baristas, o gerente de marketing e o comprador de grãos para darem seus insights.

4. Seja Criativo

Durante a análise SWOT, seja criativo e aberto a diferentes pontos de vista. Explore todas as áreas possíveis de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Não restrinja seu pensamento a aspectos óbvios. Isso porque, muitas vezes, oportunidades podem estar disfarçadas de desafios e vice-versa.

Vamos imaginar uma reunião da cafeteria e que, nela, a equipe descobre que as fraquezas podem ser convertidas em forças. Uma delas é a falta de presença nas redes sociais, que pode ser melhorada por meio de uma estratégia de marketing digital criativa.

5. Classifique As Ideias

Depois de identificar uma lista de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, é importante classificar essas ideias com base em sua relevância e impacto.

Você pode usar uma matriz SWOT para fazer isso, onde cada fator é pontuado em termos de importância e probabilidade. Isso ajuda a priorizar os elementos mais críticos.

No exemplo da cafeteria, é identificado que a qualidade do café é uma força altamente importante e com alto impacto positivo. Já a falta de presença nas redes sociais é uma fraqueza importante.

Quais Os Pontos Positivos E Negativos Da Própria Matriz SWOT?

Assim como qualquer ferramenta, a matriz SWOT ou FOFA também tem os seus pontos positivos e negativos.

Os primeiros nós já mostramos aqui. Ela ajuda a:

  • criar um planejamento estratégico;
  • permite conhecer melhor o negócio e o mercado;
  • ajuda no desenvolvimento de novos produtos;
  • permite a análise de resultados das ações que já estão em prática.

Mas quais são os pontos de atenção em relação à análise SWOT?

O principal deles é que, nem sempre, é possível encaixar fatores internos e externos em um dos conceitos do quadro. Além disso, ela é uma ferramenta descritiva, que não prevê soluções e nem próximos passos.

Ou seja, para ser efetiva, é preciso que você tome a iniciativa de transformar a análise em um plano de ação. Sem isso, o levantamento não trará resultados concretos para o negócio.

BANNER Todos os dados que você precisa para sua análise SWOT estão no ERP WebMais

Conclusão

Fazer a análise SWOT da empresa é uma forma de aprofundar seus conhecimentos sobre o próprio negócio e o mercado. Dessa forma, é possível encontrar muitas vantagens competitivas para a empresa caso ela saiba transformar essas informações em um plano estratégico.

Mas, para um levantamento realista, é importante analisar dados reais sobre a empresa e, para isso, você pode contar com a ajuda da tecnologia. Ter um sistema ERP que armazene e organize os dados facilita todo o processo de análise.

O ERP WebMais é a solução ideal para centralizar todas as informações que você precisa. Para ter certeza disso, peça uma demonstração gratuita e veja como a ferramenta pode contribuir na sua rotina empresarial!

Deixe um comentário