Modelo grátis de Canvas para sua empresa

Aprenda De Uma Vez Por Todas O Que É E Como Usar O Canvas + Modelo Grátis

Imagem de Sanon Matias

Quer entender o que é canvas, para que serve e como funciona? Então saiba que canvas significa quadro e a ferramenta sobre a qual vamos falar aqui hoje leva esse nome justamente pelo seu formato.

Isso porque ela é um quadro que receberá diversas informações sobre o seu negócio, incluindo todos os elementos importantes para o seu funcionamento.

Atualmente, o canvas é um modelo muito usado para fazer planos de negócio, um passo fundamental para o bom desenvolvimento de uma empresa.

O ideal é que esse plano seja feito ainda antes da abertura do negócio. Mas, se você já tem uma empresa e nunca fez um planejamento assim, saiba que nunca é tarde para organizá-lo e usufruir dos seus benefícios.

Assim, neste artigo, você vai saber o que é canvas e quais são as suas principais utilizações no mundo dos negócios.

Além disso, vai entender como ele funciona e ainda conferir as nossas dicas para aplicar esse método na sua empresa.

E se você quer facilitar o encontro dos dados para montar o seu modelo Canvas, conheça o ERP WebMais na prática. Entre em contato e agende uma demonstração gratuita!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É O Canvas?

Vamos começar falando o que é canvas, ou business model canvas. É uma ferramenta para a gestão de projetos que utiliza um mapa visual para a administração de suas etapas.

A sua principal característica é a eliminação da burocracia e daqueles documentos cheios de páginas e planilhas. Isso porque dificultam a visualização e o entendimento do funcionamento da empresa no dia a dia.

O modelo foi criado pelo suíço Alexander Osterwalder no início dos anos 2000. Atualmente, é utilizado pelas mais diversas empresas – grandes e pequenas organizações, com muitos ou poucos anos de funcionamento.

Para Que Serve O Modelo Canvas?

O principal objetivo do canvas é estruturar planos. Ele pode ser usado tanto para a criação de planos de negócio como para planejar projetos internos da empresa.

É importante deixar claro, no entanto, mesmo sabendo o que é canvas e a sua finalidade, nem sempre ele substitui o plano de negócios mais detalhado.

O ideal é que ele atue como uma complementação, favorecendo o entendimento dos pontos mais importantes para o funcionamento da empresa. Eles incluem a estrutura de custos, o público-alvo, os principais produtos, entre outras coisas.

Qual A Importância De Implementar O Método Canvas?

Agora que você já sabe o que é canvas, deve estar se perguntando qual a importância dessa ferramenta, na prática.

Bom, o canvas é uma excelente opção para as empresas entregarem às suas equipes uma visão clara sobre os projetos da empresa. E isso mesmo se forem novos ou que já estão sendo colocados em prática.

Assim, os gestores podem se guiar pelos quadros para alcançar os objetivos, desenvolvendo produtos que sejam mais competitivos e tenham mais chances de serem bem aceitos pelo mercado.

Como O Canvas Funciona?

Na maioria das ferramentas de criação de planos de negócios, é preciso fazer descrições longas e muito detalhadas sobre cada elemento. Isso dificulta o entendimento e torna a leitura mais demorada e menos ágil.

Além disso, esses modelos mais complexos dificultam a atualização do plano, já que é preciso fazer muitas alterações quando há mudanças na estratégia da empresa.

O modelo canvas traz respostas rápidas e objetivas para as principais perguntas que norteiam o funcionamento de uma empresa:

  • quem é o público-alvo da empresa?
  • quais problemas os produtos da empresa pretende resolver?
  • quais são as atividades-chave do negócio?
  • que recursos serão necessários para o funcionamento da empresa?
  • quem são os principais parceiros?
  • entre outras.

Essas são algumas perguntas que fazem entender o que é canvas na prática. Basta aplicá-las em seu modelo.

Quem Pode Usar O Canvas?

Não basta apenas saber o que é canvas, é preciso entender quem pode usá-lo no dia a dia. Empresas de diferentes tamanhos e segmentos podem usar o Business Model Canvas.

Hoje em dia, ele é muito usado por startups e empresas iniciantes, mas funciona muito bem em indústrias e empresas que já estão estabelecidas.

O canvas pode ser usado por todas as empresas!

Além dos planos de negócio, o canvas pode ser usado por diversas empresas na gestão de projetos. Mas, para isso, deve-se usar outro modelo de quadro, voltado para este fim, com diferentes blocos a serem preenchidos.

Quais Os Fatores Que O Modelo Canva Considera?

Agora, você já sabe o que é canvas. Também já deve saber que a ferramenta visual permite a empreendedores e profissionais de negócios mapear, desenvolver e testar modelos de negócios.

Nove blocos compõem o modelo. Eles representam os principais fatores que influenciam o sucesso de um negócio.

Os fatores considerados pelo Modelo Canvas são:

Problemas

Quais são os problemas que o seu negócio resolve? Quais são as necessidades dos seus clientes? Este problema pode ser uma necessidade, um desejo ou uma dor que os clientes estão enfrentando.

Soluções

Como o seu negócio resolve esses problemas? Quais são os produtos ou serviços que você oferece? A solução deve ser clara, concisa e convincente.

Segmento de clientes

Quem são os seus clientes? Quais são suas características demográficas, psicográficas e comportamentais? Esse é o grupo de pessoas que o seu negócio atenderá. É importante defini-lo de forma precisa, para direcionar as suas estratégias de marketing e vendas.

Canais

Como o seu negócio se conecta com os seus clientes? Como eles descobrem sobre o seu negócio e como eles compram os seus produtos ou serviços? Os canais podem ser online, offline ou uma combinação dos dois.

Relações com os clientes

Como o seu negócio constrói relacionamentos com os seus clientes? Como você os mantém satisfeitos e fidelizados? A relação com os clientes pode ser direta, indireta ou uma combinação dos dois.

Recursos-chave

Quais são os recursos essenciais para o seu negócio funcionar? Esses recursos podem ser físicos, financeiros, intelectuais ou humanos.

Atividades-chave

Quais são as atividades que o seu negócio precisa realizar para entregar valor aos seus clientes? Elas podem ser relacionadas à produção, distribuição, marketing ou vendas.

Parcerias

Quem são os Parceiros-Chave? Trata-se da rede de fornecedores e precisam reduzir riscos e otimizar processos.

Estrutura de custos

Quais são os custos associados ao seu negócio? Esses custos podem ser fixos, variáveis ou indiretos.

Importância Do Canvas Para As Indústrias

Agora que já sabe o que é canvas, já tem consciência que é uma ferramenta importante para as indústrias por vários motivos.

Em primeiro lugar, ele permite visualizar e compreender o seu modelo de negócio de forma clara e concisa. Isso é essencial para tomar decisões estratégicas eficazes.

Em segundo lugar, o Modelo Canvas ajuda a identificar oportunidades de melhoria. Ao analisar os nove blocos do Modelo Canvas, as empresas podem encontrar áreas onde podem melhorar a sua eficiência, rentabilidade ou competitividade.

Em terceiro lugar, é uma ferramenta versátil que pode ser utilizada por empresas de todos os tamanhos e em diferentes indústrias. Isso torna o Modelo Canvas uma ferramenta acessível e eficaz para empresas de todos os setores.

Como Aplicar O Método Canvas Na Sua Empresa?

Ao aprender o que é canvas, é preciso saber que se trata de um quadro formado por nove blocos que se relacionam entre si. Saiba mais sobre cada um deles!

Segmento De Clientes

Neste primeiro bloco, você define quais são os públicos que a empresa pretende atender. Essa definição é muito importante para os próximos passos, que vão estabelecer estratégias de comunicação, distribuição e desenvolvimento de produtos.

Itens necessários para aplicar o método Canvas na sua empresa

- Segmento de clientes
- Proposta de valor
- Canais de comunicação
- Relacionamento com clientes
- Fluxo de receita
- Recursos importantes para o funcionamento da empresa
- Principais atividades da empresa
- Boas parcerias
- Estrutura dos custos

Proposta De Valor

Aqui entra a definição do que a empresa entrega para os seus clientes, que vai muito além de definir quais produtos serão produzidos.

Você deve determinar quais problemas os produtos ajudam a resolver, quais necessidades dos clientes precisam ser atendidas etc.

Canais

No bloco de canais, você deve listar quais canais serão utilizados para fazer com que os produtos sejam entregues aos clientes. Aqui podem entrar elementos como distribuidores, loja física, e-commerce, revendedores, atacadistas, entre outros.

Relacionamento Com Clientes

Depois é hora de definir quais estratégias serão adotadas pela empresa para conquistar e reter clientes. Para isso, é importante entender quais são as preferências dos seus públicos para ter uma comunicação mais eficaz.

Fluxo De Receita

Neste bloco, você define como será a entrada de dinheiro na empresa, ou seja, quanto os clientes pagarão por cada produto ou serviço.

Além dos custos de produção e de operação, você deve considerar o poder aquisitivo dos seus públicos, os preços praticados pelos seus principais concorrentes e a média do mercado.

Recursos Principais

Aqui serão listados os recursos necessários para o funcionamento da empresa. E não estamos falando somente de recursos financeiros, mas também de recursos humanos, intelectuais e físicos.

Atividades Principais

Neste bloco, você deve listar todas as ações mais importantes para o negócio funcionar. Aqui entram tanto as atividades relacionadas diretamente com a produção como as tarefas administrativas.

Parcerias Principais

Os principais parceiros do seu negócio são as empresas que ajudam no funcionamento, como fornecedores e outras empresas prestadoras de serviço.

Estrutura De Custos

A estrutura de custos é um dos blocos mais relevantes do canvas. É aqui que serão registrados todos os custos necessários para que todos os outros planos se concretizem. Ou seja, você determina os custos da operação, tanto diretos como indiretos.

Exemplos De Canvas

Entendendo o que é canvas, cada empresa terá seu próprio e exclusivo, adaptado às suas necessidades e estratégias específicas. No entanto, vamos dar exemplos práticos.

Exemplo de Canvas

Por exemplo, em uma indústria automobilística:

  • Segmentos de Clientes: Montadoras de veículos; Concessionárias de automóveis; Fabricantes de autopeças.
  • Proposta de Valor: Componentes automotivos de alta qualidade; Personalização de peças para montadoras; Entrega just-in-time.
  • Canais: Vendas diretas para montadoras; Parcerias com fornecedores de autopeças; Logística de entrega eficiente.
  • Relacionamento com Clientes: Suporte técnico especializado; Assistência na customização de peças; Manutenção proativa.
  • Fluxo de Receita: Vendas de componentes automotivos; Contratos de fornecimento com montadoras; Serviços de manutenção.
  • Recursos-chave: Linha de produção de alta tecnologia; Equipe de engenheiros especializados; Logística eficiente.
  • Atividades-chave:Desenvolvimento e produção de componentes automotivos; Pesquisa e desenvolvimento contínuo; Gestão da cadeia de suprimentos.
  • Parcerias-chave: Montadoras de veículos; Fornecedores de matéria-prima; Transportadoras e empresas de logística.
  • Estrutura de Custos: Custo de produção; Despesas de P&D; Despesas de logística.

Distribuidora De Produtos

Para entender ainda mais o que é canvas, vamos há um exemplo de uma distribuidora de produtos alimentícios. O modelo poderia ser:

  • Segmentos de Clientes: Supermercados; Restaurantes; Mercearias locais.
  • Proposta de Valor: Amplas opções de produtos alimentícios; Entrega rápida e confiável; Preços competitivos.
  • Canais: Armazéns de distribuição; Representantes de vendas regionais; Plataforma de pedidos online.
  • Relacionamento com Clientes: Suporte ao cliente dedicado; Treinamento de produtos; Ofertas promocionais para clientes regulares.
  • Fluxo de Receita: Vendas de produtos alimentícios a varejistas; Taxas de entrega; Comissões de vendas online.
  • Recursos-chave: Centros de distribuição refrigerados; Frota de entrega refrigerada; Equipe de vendas e suporte.
  • Atividades-chave: Gerenciamento de estoque de produtos perecíveis; Logística de entrega refrigerada; Desenvolvimento de relacionamentos com clientes.
  • Parcerias-chave: Fornecedores de produtos alimentícios; Empresas de logística refrigerada; Parceiros de tecnologia para pedidos online.
  • Estrutura de Custos: Custo de estoque de produtos perecíveis; Despesas de logística refrigerada; Despesas de vendas e marketing.

3 Dicas Para Um Bom Canvas

Para complementar ainda mais o seu conhecimento sobre o que é canvas, separamos três dicas que fazem total diferença na hora de aplicá-lo.

Faça O Quadro De Forma Física

É importante fazer o quadro de forma física, pois isso facilita a visualização e a compreensão dos nove blocos. Você pode usar um quadro branco, um papel kraft ou até mesmo um pedaço de papelão.

Aplique Mesmo No Início Do Negócio

Ao falar sobre o que é canvas, não podemos deixar de mencionar que o modelo pode ser utilizado mesmo no início do negócio.

Isso porque ele ajuda a visualizar e validar o seu modelo de negócio. Assim, é possível tomar decisões estratégicas eficazes.

Mantenha Sempre Atualizado

Por ser uma ferramenta dinâmica, deve ser atualizada de acordo com as mudanças do mercado. Por isso, é importante revisar o seu Modelo Canvas regularmente para garantir que ele esteja alinhado com os seus objetivos e estratégias.

Bônus: Modelo Canvas Para Download Grátis!

Ainda não sabe por onde começar o seu modelo, mesmo aprendendo o que é canvas? O Sebrae oferece um modelo pré-formatado contendo os nove blocos para você preencher com seus dados.

Assim, você otimiza a sua ideia de forma online, gratuita, com agilidade e usabilidade. É só se cadastrar e usar, escolhendo o melhor formato para você e sua equipe.

E lembre-se: ao preencher o Modelo Canvas, seja realista e específico. Não exagere nas suas capacidades ou nos seus recursos.

BANNER Otimize sua gestão com o ERP WebMais

Conclusão

Entendeu o que é canvas? Essa ferramenta inovadora permite uma visão rápida, porém completa, sobre um plano de negócio ou mesmo sobre um projeto.

Para uma gestão ainda mais eficiente, você pode aliar esse método a um ERP completo, que armazene e organize todas as informações sobre a sua empresa.

Assim, além de um maior controle sobre as operações, você consegue tomar decisões e planejar os próximos passos com base em relatórios criados e entregues pelo sistema.

Experimente gratuitamente o ERP WebMais para ter certeza sobre os benefícios do software na prática!

Deixe um comentário