Saiba como evitar cliente inadimplente no seu negócio

Veja 7 Dicas Essenciais Para Evitar Cliente Inadimplente

Imagem de Sanon Matias

Atualmente, um dos índices que mais preocupam os donos de empresas no Brasil é o do cliente inadimplente. Para muitos, vender não é a parte mais difícil, mas sim receber, por isso a importância de reduzir a inadimplência.

Sabemos que manter uma ótima gestão financeira da sua companhia não é nada fácil, ainda mais quando você já tem muitas contas a receber atrasadas. Com base nisso, separamos algumas dicas que irão te ajudar a reduzir a inadimplência na sua empresa!

Para ajudar você a automatizar a sua gestão financeira, temos a solução perfeita: o ERP WebMais.

Com ele, você pode registrar todas as transações financeiras, permitindo um acompanhamento preciso das contas a receber e identificando o cliente inadimplente. Peça uma demonstração gratuita do software!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É Um Cliente Inadimplente?

Os clientes inadimplentes são aqueles que não estão cumprindo com suas obrigações financeiras ou contratuais com uma empresa. Ou seja, não estão pagando suas contas ou dívidas nos prazos acordados, seja em:

  • empréstimos e financiamentos;
  • contas de serviços públicos;
  • cartão de crédito;
  • contratos e acordos comerciais;
  • aluguel etc.

Essa situação de inadimplência resulta em consequências negativas para eles, como taxas de juros adicionais, restrições de crédito e até mesmo ações legais. 

Por Que Não Se Deve Ter Medo De Cobrar Clientes Inadimplentes?

Não é incomum um negócio sentir receio de cobrar um cliente inadimplente, afinal, muitos deles se sentem coagidos e tornam a situação pior.

Porém, cobrá-los é um direito, basta saber fazer corretamente, com sensibilidade e respeito. Algumas razões para não ter medo de fazer a cobrança incluem:

  • Há um contrato que estabelece os termos de pagamento e o consumidor tem a responsabilidade legal e ética de cumpri-lo.
  • A saúde financeira da sua empresa depende do recebimento das contas a receber para não afetar negativamente o seu fluxo de caixa.
  • É uma forma de manter o ambiente de negócios justo, mantendo a competitividade no mercado com os concorrentes que fazem a cobrança de forma adequada e podem fazer seus investimentos.

Causas da inadimplência

Antes de falarmos sobre como conter os clientes inadimplentes, é fundamental entender os fatores que levaram a essa situação, tendo uma visão mais clara de todo o cenário.

A inadimplência pode acontecer por uma série de fatores, tanto externos como internos. Os fatores externos estão mais ligados à situação política e econômica do país, o que não é o nosso foco neste artigo.

O ponto principal aqui são as questões internas, que na maioria das vezes tem uma representatividade maior e podem ser controladas por você e sua equipe.

Em alguns casos, os clientes podem deixar de pagar devido à insatisfação com os produtos ou serviços fornecidos pela empresa. Eles podem considerar que a qualidade ou o valor não correspondem às expectativas.

Outra situação é o esquecimento ou desorganização quanto ao pagamento de contas, especialmente se tiverem muitos compromissos financeiros. Mas, nada que um lembrete e um processo de cobrança bem estruturado não resolva.

No entanto, falhas na avaliação de risco dos clientes podem resultar em concessão de crédito a clientes que não têm a capacidade financeira de cumprir suas obrigações.

Principais causas da inadimplência
Fatores internos
- Insatisfação com produtos ou serviços
- Esquecimento/desorganização
Fatores externos
- Economia do país
- Situação política

Alguns pontos podem te ajudar! Considere uma análise de crédito mais atenciosa e até mesmo a falta de alguns dados que podem impossibilitar a cobrança, que podem ser facilmente contornados.

Impactos da inadimplência na sua empresa

Todas as empresas precisam estar preparadas para enfrentar algum imprevisto. Apesar de parecer uma situação fora de controle, é importante que você fique atento aos problemas que podem ocorrer. 

Um cliente inadimplente podem trazer muitos impactos negativos para qualquer organização. Dentre os principais deles, destacam-se os principais citados a seguir.

Fluxo De Caixa Comprometido

O fluxo de caixa é a entrada e saída de dinheiro que ocorre durante um período específico.

Quando os clientes não pagam suas contas pontualmente, o dinheiro que deveria estar disponível para pagar despesas operacionais, como salários, aluguel, fornecedores e outros custos, não está disponível conforme o planejado.

Essa ação leva a dificuldades financeiras e até mesmo à incapacidade de atender às obrigações financeiras básicas. Diretamente, pode resultar em atrasos nos pagamentos, multas e juros, afetando a saúde financeira geral.

Empresa Não Consegue Prever A Lucratividade

Um cliente inadimplente torna difícil a previsão da lucratividade e a geração de projeções financeiras confiáveis. Afinal, as receitas esperadas nem sempre se concretizam quando não há pagamento em dia.

A falta de previsibilidade dificulta a tomada de decisões financeiras sólidas, como investimentos em expansão, contratação de pessoal ou compra de estoque. Assim, ficam em um estado de incertezas constantes, prejudicando o planejamento estratégico a longo prazo.

Clientes Inadimplentes Podem Abandonar A Marca

Quando os clientes enfrentam problemas financeiros e se tornam inadimplentes, eles podem começar a questionar sua lealdade à marca ou empresa.

Essa relutância pode resultar em clientes insatisfeitos, que podem escolher abandonar a empresa em favor de concorrentes ou buscar alternativas.

A perda de compradores por esse motivo pode ser prejudicial, pois a aquisição de novos clientes geralmente é mais cara do que a retenção de clientes existentes. Sem mencionar que os insatisfeitos podem compartilhar suas experiências negativas com outros, afetando a reputação da empresa.

7 Dicas Para Reduzir A Inadimplência

Reduzir o número de clientes inadimplentes é fundamental para manter uma boa saúde financeira da sua empresa. Agora que você já sabe que controlando alguns fatores internos você consegue aumentar seus recebimentos, existem algumas ações que você pode colocar em prática agora mesmo.

Para que seu negócio não fique no vermelho, trouxemos cinco dicas para te ajudar a diminuir a sua inadimplência.

1- Previna A Inadimplência

Antes de estender crédito, realize uma análise sólida para avaliar a capacidade e histórico de pagamento do cliente. Isso pode ajudar a evitar aqueles de alto risco.

Ilustração com 7 formas de reduzir a inadimplência

1 - Prevenir a inadimplência
2 - Investir em processos de cobrança
3 - Consultar serviços de proteção de crédito
4 - Controlar os devedores
5 - Avisar o cliente que está inadimplente
6 - Negociar com o cliente
7 - Automatizar seus processos

Também estabeleça termos de pagamento claros e específicos em seus contratos e faturas, incluindo datas de vencimento, penalidades por atraso e informações sobre como os pagamentos podem ser feitos.

Não se esqueça de acompanhar de perto as contas a receber e implementar um sistema eficaz de controle de crédito para identificar rapidamente pagamentos em atraso.

2- Invista em processos claros de cobrança

Se você não cobrar do seu cliente, talvez ele esqueça de efetuar seu pagamento. Por isso, o primeiro passo para evitar a inadimplência é ter um processo claro e efetivo de cobrança.

Dias antes da data de vencimento seu cliente é lembrado? E se houver um atraso no pagamento, o que você faz? Você precisa ter essas ações todas mapeadas, como lembretes de cobrança ou até mesmo o protesto de um título que não foi pago.

Conforme as necessidades da sua empresa, você precisa desenvolver estes parâmetros, ou réguas de cobrança, para evitar que seu cliente fique inadimplente com você, facilitando para ambas as partes.

3 – Consulte o serviço de proteção de crédito

A maioria das empresas está atualmente preocupada em vender, mas se esquece de verificar se o cliente é um bom pagador e acabam concedendo o crédito a todos. 

A análise de crédito é um ponto bem importante para ajudar na redução da inadimplência. Seus clientes necessitam passar por uma verificação de crédito, seja a consulta ao SPC, SERASA ou a consulta de protestos.

Com isso, você saberá se ele tem histórico de bom pagador no mercado e assim as chances de você receber em dia são maiores. 

Os impactos de uma alta taxa de clientes inadimplentes em uma economia já fragilizada podem ser potencialmente prejudiciais, comprometendo as atividades de todos os setores. Por isso, é preciso estar atento na hora de conceder crédito, para garantir que sua empresa não sofra com maus pagadores.

4 – Controle seus devedores

Você precisa ter um controle preciso dos clientes inadimplentes com a sua empresa. Tendo em mãos todas as informações sobre a dívida, como quem são os clientes e o quanto devem, é possível elaborar uma estratégia efetiva de cobrança.

É fundamental que as dívidas não durem muito tempo. Alguns dias podem ser sinal de esquecimento, assim, logo que você perceber que uma entrada que estava programada não veio, acione seu cliente.

5- Avise A Inadimplência Ao Cliente

Envie lembretes amigáveis e automáticos de pagamento antes da data de vencimento, lembrando cada cliente inadimplente sobre suas obrigações financeiras.

Se já houver atraso, comunique-se de forma clara e profissional, explicando o valor devido, as penalidades aplicadas e como o ele pode resolver a situação. Lembre-se de oferecer alternativas, como planos ou descontos para pagamento à vista.

Como as circunstâncias financeiras dos clientes inadimplentes pode variar, aborde a situação com empatia e flexibilidade, sempre tentando entender o motivo e com personalização quanto a isso.

É importante manter registros precisos de todas as comunicações com o cliente relacionadas à inadimplência. Isso pode ser útil em casos de ações legais futuras.

6 – Negocie sempre!

Quando você entrar em contato com seus clientes inadimplentes, além de demonstrar empatia, é importante que você tenha em mãos os valores atualizados da dívida. 

Fique preparado caso peçam para facilitar o pagamento ou até mesmo um desconto. Estipule um prazo máximo para o pagamento ser efetuado de maneira negociada. Com isso, sua empresa pode manter um bom relacionamento com eles, que é fundamental hoje em dia!

Lembre-se: registre sempre toda e qualquer tentativa de negociação para evitar problemas judiciais.

7– Automatize os processos

Realizar esses controles para diminuir os clientes inadimplentes de maneira manual pode ser muito cansativo, e às vezes até confuso. Para que isso não ocorra, alguns softwares de gestão contam com esses processos, todos de maneira automatizada.

O ERP da WebMais possui, no módulo financeiro, o acompanhamento de liquidez. Nele, o próprio software traz para você quem são os seus maiores devedores. Isso permite que você configure uma notificação de cobrança por e-mail, assim seu cliente não esquecerá de te pagar!

Nosso sistema de gestão proporciona uma maior agilidade e fluidez ao seu processo de concessão de crédito. Além disso, garante uma maior estabilidade financeira, fornecendo dados precisos e confiáveis para a sua tomada de decisão.

BANNER Veja quem são seus maiores devedores com o ERP WebMais e diminua os níveis de inadimplência

Conclusão

Um cliente inadimplente representa um desafio significativo para as empresas. A inadimplência pode afetar negativamente diversas partes de uma empresa, mas é preciso abordar esse problema com profissionalismo e estratégia.

Com essas dicas, você está pronto para ter um processo equilibrado e gerenciar esse tipo de obstáculo em sua saúde financeira, minimizando seus impactos.

Uma estratégia eficiente é o uso de software de automatização. O ERP WebMais é a melhor escolha para acompanhar as contas a receber, identificar o cliente inadimplente, enviar lembretes de pagamento, analisar o risco com base nos dados de cada consumidor, dentre outros benefícios.

Peça uma demonstração gratuita para gerenciar o seu planejamento de contas com precisão nas informações.

Deixe um comentário