gestores em fábrica olhando pasta amarela

Diferencial Competitivo: Quais as Características Para se Destacar?

O ambiente empresarial vem evoluindo rapidamente e, para que o seu negócio se destaque em meio a concorrência, é fundamental que você seja único de alguma forma. Isso quer dizer que você precisa alcançar um diferencial competitivo, algo que te diferencie da multidão e te ajude a conquistar seu espaço.

Para que você tenha clareza a respeito deste conceito, escrevemos este artigo completo sobre o tema. Aqui você vai encontrar  características, como se diferenciar e os erros mais comuns. Continue lendo para aprender mais sobre esse assunto!

O que é diferencial competitivo

O diferencial competitivo são as características que fazem seus clientes comprarem de você, mesmo quando a concorrência oferece um produto com um menor preço. Isso faz com que a sua empresa seja única aos olhos dos seus clientes.

Entretanto, esse destaque que você alcança só é válido quando seu cliente percebe este valor. Para isso, é importante que você crie algum tipo de planejamento para transmitir seus diferenciais para seus atuais e futuros clientes.

Conheça 4 características do diferencial competitivo

Pela definição acima, você percebeu a importância do diferencial competitivo. Mas como você poderá conhecer o seu? Bom, para isso, é preciso que ele tenha algumas características fundamentais, como as listadas a seguir:

1. Precisa gerar valor para o seu cliente

Ser diferente da concorrência não é suficiente nos dias de hoje. Seu produto ou serviço precisa despertar o desejo do consumidor e apresentar a solução para uma dor dele.

Logo, o cliente precisa perceber todos os benefícios que aquela aquisição irá trazer, sobretudo em relação ao custo, que não será mais fator determinante para a compra. Vale lembrar que o custo total não diz respeito apenas ao valor gasto na compra, mas também ao conjunto de custos que envolve pesquisar, avaliar, obter, usar e descartar o produto ou serviço.

Por fim, não basta ter uma boa proposta, é preciso conseguir entregá-la de forma satisfatória. Isso envolve toda a jornada de compra do cliente com a sua marca, de forma que as expectativas do cliente estejam de acordo com a experiência que ele vai ter.

2. Não pode ser copiado facilmente

Como já vimos até aqui, o diferencial competitivo é algo que se destaca no seu negócio. Sendo assim, ele não pode ser facilmente copiado pela concorrência. Caso contrário, deixa de ser um diferencial.

Por isso, preço baixo, qualidade de atendimento ou rapidez nas entregas não são exemplos de diferencial competitivo, afinal, com um pouco de esforço e treinamento, outras empresas conseguirão entregar esses benefícios.

3. Precisa ser sustentável

Sustentável, neste caso, quer dizer algo que possa se manter por muito tempo. Assim, a companhia precisa se certificar de que vai ter acesso aos recursos necessários para manter essa diferenciação. É isso que vai trazer para a empresa o retorno do investimento inicial que ela fez para desenvolver esse diferencial.

Esse ponto é um dos mais importantes, pois oferecer algo e depois não conseguir manter, pode gerar frustração ao cliente, sendo prejudicial para a credibilidade da sua empresa.

4. Deve ser aplicável em diversas situações

O seu diferencial não pode estar atrelado a  um produto ou serviço. Desta forma, caso o produto saia de linha, seu diferencial também sairá. Ele precisa estar atrelado a sua marca e se aplicar a todo o seu portfólio.

Por que buscar se destacar em meio a concorrência?

A resposta para esta pergunta é simples, você precisa se destacar para conquistar novos clientes, vender mais e fazer seu negócio crescer. Caso contrário a concorrência o fará.

Portanto, ficar atento e conseguir perceber as tendências de mercado e conhecer seu público-alvo a fundo, é fundamental.

Além disso, caso todos fizessem tudo da mesma forma, produtos com a mesma qualidade, prazos de entrega e preços, como o cliente iria escolher?

Como encontrar um diferencial competitivo para a minha empresa?

Conhecer e investir nas necessidades do seu cliente pode ser o ponto de partida para que você descubra seu diferencial competitivo. O grande desafio está em identificar as oportunidades para criar essa diferenciação.

Algumas práticas, aliadas ao conhecimento da equipe e às tecnologias, podem contribuir para fazer o seu negócio chegar mais longe. Conheça algumas delas!

Conheça seu cliente

Uma empresa só pode ter um diferencial competitivo se ela conhecer o perfil de seus consumidores. Isso vai ajudá-lo a avaliar as suas necessidades e relacioná-las com os produtos ou serviços que o seu negócio oferece.

Por exemplo: uma pessoa que ama tecnologia vai querer ter os últimos lançamentos, sejam eles computadores, televisores ou smartphones. Esse conhecimento permite um direcionamento correto de ofertas e produtos.

Uma empresa pode ter mais de um perfil de consumidor. A melhor maneira de fazer essa análise é por meio de pesquisas e cadastros dos atuais clientes. Algumas ferramentas, como o ERP, auxiliam o acompanhamento da jornada de compra do consumidor e o cadastro de seus dados.

banner CTA ERP WebMais

Tenha uma equipe qualificada

Sabemos que existem muitas empresas que vendem os mesmos produtos. Isso faz com que você precise investir em treinamento e qualificação dos seus funcionários. Quando os colaboradores são apaixonados pelo que fazem e vestem a camisa do negócio, eles conseguem levar esse diferencial para o seu dia a dia no trabalho.

Uma estratégia que ajuda a criar um time vencedor é a promoção de uma cultura de resultados e bonificações quando a empresa supera as suas metas.

Facilidade de compra

Poder realizar suas compras com eficiência é um grande diferencial para os consumidores. Afinal, ninguém quer atravessar a cidade para adquirir um produto.

Por isso, as empresas devem buscar ampliar a rede de distribuição ou buscar formas de vender online e entregar os produtos com agilidade.

Utilize dados para previsão de demanda

A companhia precisa conhecer o mercado em que atua e a frequência de consumo para identificar a sua previsão de demanda. 

Por exemplo: sua empresa distribui produtos eletrônicos, mas não controla as vendas. Os equipamentos são adquiridos de diferentes locais e demoram 30 dias para chegar ao estoque. Se o gestor não conhece a previsão de demanda, poderão faltar mercadorias no estoque. Isso resultará na demora na hora de entregar o item ao cliente, que ficará insatisfeito.

Já se a empresa acompanha os índices de vendas, ela poderá gerenciar melhor o estoque e ter agilidade na entrega.

Invista em inovação

A inovação é um dos pontos-chaves para que sua empresa alcance um diferencial competitivo. Muitas vezes ligamos inovação à tecnologia e, embora seja verdade que a tecnologia atualmente é imprescindível para todo tipo de negócio, vale destacar que nem sempre inovar significa mais tecnologia.

Você pode inovar na forma de entrega dos seus produtos, no ambiente do seu negócio, na comunicação com seus clientes, enfim, existem diversas formas – e ainda pode se relacionar com outras empresas do nicho em um modelo de ecossistema de inovação.

Para que sua empresa adquira a cultura da inovação, é necessário treinar as pessoas e fazer com que novas ideias sejam aceitas mais facilmente dentro da companhia.

Erros na busca por um diferencial

É comum que quando as empresas tentam se diferenciar, alguns erros sejam cometidos no caminho. Para que isso não aconteça com o seu negócio, listamos abaixo os erros mais comuns na busca por um diferencial competitivo.

1. Não imponha sua marca

Este é um dos erros mais cometidos pelas empresas, independente do segmento em que atuam. Elas acabam se posicionando como a melhor ou que vai acabar com todos os problemas do seu consumidor. Porém, você precisa ser realista.

Forneça as informações corretas e ajude seu cliente a tomar a melhor decisão, mesmo que acabe não sendo o seu produto. Dessa forma, ao invés de apenas fazer propaganda da empresa, você mostra para o futuro cliente que realmente está interessado no que ele precisa.

2. Não diminua seu preço

Preço não é um diferencial competitivo, portanto, não adianta entrar na briga pelo preço mais baixo com a sua concorrência. Ele não tem as qualidades para se enquadrar como diferencial, pois não é único, pode ser imitado e não é sustentável.

Os clientes que compram produtos pelo preço também não se fidelizam a marcas, e continuam a consumir aquela que oferecer o melhor valor. Para as empresas, isso não gera um diferencial competitivo, apesar de ser útil no curto prazo.

3. Não pense apenas em clientes novos

Sabemos que conquistar novos clientes é fundamental para que a sua empresa cresça. Porém, é fundamental que você também não descuide dos clientes que você já conquistou.

Busque fidelizar seus clientes, crie atrativos para que continuem comprando de você para que você mantenha a sua receita.

Com todas estas informações, você já pode desenvolver estratégias para criar os diferenciais da sua empresa. Mas lembre-se, eles precisam ser únicos, de difícil imitação e aplicáveis a múltiplas situações.Quer ficar por dentro dos assuntos mais relevantes do mundo da gestão? Assine nossa newsletter e receba nossos conteúdos em seu e-mail.

1 Comentário “Diferencial Competitivo: Quais as Características Para se Destacar?

Deixe um comentário

12 − 7 =