Veja como escolher um bom emissor de manifesto eletrônico

Veja Como Escolher O Melhor Emissor De Manifesto Eletrônico Para Sua Empresa

Imagem de Sanon Matias

A era digital tem impulsionado transformações profundas em diversos setores da economia, e o cenário logístico não é exceção. Atualmente, uma dessas ferramentas tecnológicas é o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e).

Essa nova forma de informar o governo sobre os transportes de cargas facilita, e muito, o cotidiano dos empreendedores. Por isso, preparamos este artigo explicando o que é e como emiti-lo de forma rápida e segura. Confira!

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É O Manifesto Eletrônico De Documentos Fiscais?

O Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais, conhecido como MDF-e, é uma inovação tecnológica que revolucionou a forma como são realizados os registros fiscais. 

Isso porque trata-se de um documento estritamente digital, que dispensa a necessidade de uma versão física em papel, usada até 2014.

A validade jurídica é assegurada pela assinatura digital do emitente e pela Autorização de Uso concedida pela administração tributária da unidade federada do contribuinte.

Para Que Serve O Manifesto Eletrônico?

O manifesto eletrônico substitui o antigo Manifesto de Carga, modelo 25, que era baseado em papel e demandava mais tempo e recursos para ser emitido e transportado.

Então, o grande objetivo desse documento é facilitar e agilizar o registro e o controle fiscal das operações de transporte de mercadorias.

Além disso, a natureza eletrônica do MDF-e permite que seja transmitido e armazenado instantaneamente. Assim, é possível garantir a segurança e a integridade das informações contidas no mesmo.

Veja Se Sua Empresa Deve Emitir O Manifesto Eletrônico

Se o seu negócio realiza operações de transporte de cargas intermunicipais e interestaduais, então está sujeito à obrigatoriedade de emitir o MDF-e.

Dessa forma, as empresas que se enquadram no perfil de emissores do manifesto eletrônico são aquelas que são contribuintes do ICMS.

No entanto, existem exceções que isentam a emissão do documento, como:

  • MEIs;
  • transporte de carga própria;
  • transporte exclusivamente intramunicipal.

É Possível Emitir Manifesto Eletrônico Gratuito?

A emissão do Manifesto Eletrônico pode ser realizada gratuitamente, pois é um serviço disponibilizado pelo governo. O MDF-e faz parte do projeto SPED e é gerenciado pelo Ministério da Economia e pela Receita Federal.

Sendo assim, para emitir o MDF-e, as empresas devem utilizar um software específico devidamente credenciado e autorizado pela RFB. 

Existem emissores gratuitos e pagos. Dessa forma, a escolha de um ou outro dependerá das necessidades e do porte da empresa, além de outros recursos e serviços oferecidos pelo software.

Por que Você Precisa De Um Sistema Emissor De Manifesto Eletrônico?

O manifesto eletrônico é um documento obrigatório para empresas que realizam operações de transporte de mercadorias.

O sistema emissor de MDF-e é uma solução tecnológica para emitir e gerenciar os MDF-e de forma automatizada e conforme as exigências legais.

Uma ferramenta desse tipo ajuda com:

  • agilidade: permite a geração rápida e eficiente do documento, facilitando o processo de transporte de mercadorias e evitando atrasos nas operações logísticas;
  • segurança e integridade: assegura a integridade das informações contidas no MDF-e. Assim, evita possíveis adulterações ou erros;
  • controle fiscal: mantém um controle preciso sobre os MDF-e emitidos, facilitando a fiscalização e evitando problemas com a Receita Federal;
  • armazenamento digital: isso evita a necessidade de arquivamento físico e contribui para a preservação do meio ambiente;
  • integração com outros sistemas: muitos sistemas emissores podem se integrar com outros sistemas de gestão utilizados pela empresa. Dessa forma, facilita a troca de informações e tornando os processos mais eficientes;
  • atualização automática: garante a emissão correta e atualizada dos MDF-e.

Como Escolher Um Bom Sistema Emissor De Manifesto Eletrônico?

Não basta apenas saber sobre a necessidade do sistema emissor de manifesto eletrônico. Por isso, vamos explicar como escolher o melhor para a sua empresa!

Ilustração com gestor segurando lupa e olhando dicas para escolher um bom ERP com emissor de manifesto eletrônico

1. Veja As Necessidades Da Empresa

Entenda as necessidades específicas da empresa em relação às operações de transporte de mercadorias. Ou seja, quantos MDF-e serão emitidos por mês, quantos usuários precisarão acessar o sistema e quais recursos são indispensáveis para o seu negócio.

Avalie também a possibilidade de integração com outros sistemas de gestão já adotados no dia a dia da empresa, como ERPs ou outros tipos.

2. Confira Se O Sistema Oferece Suporte Adequado

Certifique-se de que a empresa fornecedora do software tenha uma equipe de suporte disponível para auxiliar em eventuais dúvidas, problemas técnicos ou atualizações do sistema.

Além disso, outro ponto a ser avaliado é o horário de atendimento do suporte, para garantir que esteja alinhado com as necessidades da sua organização.

3. Entenda A Infraestrutura Da Fornecedora Do Software

Avalie a reputação e a estabilidade da empresa fornecedora do sistema emissor de MDF-e. Então, pesquise há quanto tempo ela está no mercado, se possui uma base sólida de clientes satisfeitos e se está em conformidade com as normas de segurança e proteção de dados.

4. Saiba se sua Equipe Receberá Treinamento

Busque saber se o fornecedor do sistema oferece treinamento adequado para a equipe que utilizará o software.

O treinamento garantirá que todos saibam como operar o sistema corretamente, evitando erros e maximizando a eficiência no uso da ferramenta. Afinal, não basta apenas disponibilizar a facilidade e não ensinar como usá-la, senão, torna-se um problema.

5. Defina Planos E Formas De Pagamento

Analise os planos e modelos de pagamento oferecidos pelo fornecedor do sistema emissor de MDF-e. Pondere se as condições atendem ao orçamento da empresa e se estão alinhadas com o volume de documentos fiscais que serão emitidos.

Além disso, esteja atento a possíveis custos adicionais, como taxas de manutenção ou atualização. Tudo isso impacta no custo-benefício da ferramenta.

Manifesto Eletrônico Com O ERP WebMais

A integração do Manifesto Eletrônico com o sistema ERP WebMais é uma abordagem adequada para empresas que desejam automatizar e otimizar seus processos fiscais e logísticos.

O sistema ERP WebMais é uma solução de software que permite a integração de diversas áreas e departamentos da empresa, como finanças, estoque, vendas, compras, recursos humanos, entre outros.

Ele centraliza os dados e informações da empresa, proporcionando maior eficiência na gestão e controle das atividades.

A integração do MDF-e com o nosso ERP permite integrar a emissão do documento diretamente ao processo de faturamento e logística. Assim, sempre que uma nota fiscal é emitida, o MDF-e é gerado, agilizando o procedimento e evitando erros de digitação.

Essa precisão de dados, sem erros ou duplicações, reduz o retrabalho e aumenta a produtividade da equipe.

Assim, também fornece uma visão mais completa de todas as atividades, contribuindo para uma tomada de decisão mais informada e estratégica.

Não podemos deixar de mencionar que a integração MDF-e e ERP WebMais fornece um controle mais eficiente das operações de transporte de mercadorias. É possível acompanhar o status dos MDF-e emitidos e monitorar as entregas.

E claro, tudo isso sem deixar de lado o atendimento às obrigações fiscais relacionadas ao transporte de mercadorias, evitando problemas com a fiscalização.

BANNER Manifesto eletrônico WebMais

Conclusão

Entender sobre o manifesto eletrônico e, sobretudo, como emiti-lo com rapidez e segurança é fundamental para sua empresa cumprir com as obrigações fiscais e ainda sair à frente no mercado.Felizmente, você já sabe como fazer isso. Conte com o ERP da WebMais para gerar MDF-e e ter todos os benefícios que essa integração proporciona. Agende uma demonstração gratuita para saber mais!

Deixe um comentário