Guia completo sobre orçamento para sua empresa

O Que É Orçamento, Tipos E Como Criar O Seu

Imagem de Sanon Matias

Um orçamento bem estruturado tem o poder de afetar positivamente qualquer negócio, ou mesmo a situação financeira de uma casa. Da mesma forma que se for negligenciado pode ter um impacto prejudicial.

Seja você um empreendedor, gestor ou responsável pelas finanças de uma empresa, o orçamento é uma ferramenta fundamental para o sucesso e crescimento sustentável. No entanto, muitos ainda subestimam sua importância ou não sabem por onde começar.

Uma boa maneira é com o ERP da WebMais. Isso porque ele permite automatizar o gerenciamento financeiro da sua indústria ou distribuidora com facilidade. Basta agendar uma demonstração gratuita para ter seus benefícios.

Outra forma é continuando a leitura deste artigo. A seguir, desvendaremos os segredos por trás do orçamento e mostraremos como você pode utilizá-lo de forma estratégica.

BANNER GERAL Estoque, compras, financeiro e muito mais com o ERP WebMais

O Que É Um Orçamento?

Um orçamento pode ser definido como um plano que auxilia na estimativa de despesas, receitas e possíveis oportunidades de investimento ao longo de um período específico.

Em outras palavras, é uma maneira essencial para estabelecer metas e acompanhar de perto os resultados alcançados.

Ao traçá-lo, é possível identificar facilmente se algo está fora do planejado e, assim, tomar medidas corretivas ou fazer ajustes necessários. Além disso, possibilita agir de forma preventiva, antecipando possíveis problemas ou imprevistos.

Qual É A Importância Do Orçamento?

É fundamental compreender a importância de organizar um orçamento, pois isso permite ter maior controle e cuidado com o dinheiro, prestando atenção aos detalhes.

Você sabe dizer, por exemplo, quanto ganha após pagar todos os impostos e outras burocracias? E quanto e como gasta mensalmente?

Essas informações básicas são cruciais para criar e manter um planejamento financeiro, mas muitas empresas as negligenciam.

Por meio desse instrumento, é possível agir conforme nossos objetivos, independentemente do que eles sejam.

Desde que envolvam o uso de recursos financeiros para serem alcançados, um orçamento bem estruturado nos proporciona a base necessária para tomar decisões conscientes.

Quais São Os Benefícios Do Orçamento?

O orçamento garante que você não gaste mais do que recebe. No entanto, essa não é a única vantagem de fazer uma organização financeira com essa ferramenta.

Objetividade Dos Gastos

Um orçamento permite definir metas claras de gastos em diferentes áreas. Isso ajuda a evitar desperdícios e despesas desnecessárias, direcionando os recursos de forma mais eficiente e objetiva.

Controle Dos Gastos

Um bom planejamento concede o acompanhamento de perto de tudo gasto para descobrir se algo está fora do esperado. Assim, não haverá desvios e, se houver, serão aplicadas medidas corretivas rapidamente.

Realização De Investimentos Com Mais Segurança

Com valores pré-estabelecidos, a empresa pode destinar recursos específicos para determinados investimentos.

Assim, uma análise mais cuidadosa dos riscos e oportunidades envolvidos pode ser feita para investir com maior segurança e embasamento, aumentando as chances de sucesso e retorno financeiro.

Comunicação E Alinhamento

O orçamento serve como uma ferramenta de comunicação e alinhamento entre os diferentes departamentos e níveis hierárquicos da empresa.

Ele proporciona uma compreensão comum das metas financeiras e promove a colaboração para alcançá-las. Então, com ele, todos na organização têm clareza sobre os recursos disponíveis e as restrições financeiras.

Quais São Os Tipos De Orçamento?

Não existe apenas o orçamento voltado para negócios. Por isso, confira todos os tipos!

Orçamento Empresarial

O orçamento empresarial é conhecido por ser um dos tipos mais complexos. Isso porque, normalmente projetado para um período de um ano, ele pode ser dividido em meses para permitir um acompanhamento mais detalhado.

Para desenvolvê-lo, é necessário considerar não apenas os dados históricos, mas também realizar uma análise do momento atual da empresa, seus objetivos e as perspectivas do mercado.

A sua elaboração prepara o negócio para aproveitar ao máximo os desafios e as oportunidades que surgem. Além disso, também facilita a previsão da alocação de recursos e a correção de erros.

Ilustração com tipos de orçamento

Dessa forma, pode-se utilizar os recursos disponíveis de forma eficiente e direcionada, maximizando os resultados e minimizando os riscos. Ou seja, não compromete o futuro.

Orçamento Pessoal

O orçamento pessoal tem como objetivo central você e sua relação com o dinheiro. Trata-se de um planejamento que considera sua renda e seus gastos, sempre mantendo os objetivos definidos em mente.

A vantagem do orçamento pessoal é que você tem total controle sobre cumprir as estimativas e prazos estabelecidos, o que proporciona um maior nível de comprometimento.

No entanto, é necessário estar atento e se autorregular: se o plano não for realizado com seriedade, seus objetivos ficam mais distantes.

Ao adotar um orçamento pessoal, você tem uma visão clara de suas finanças, permitindo identificar áreas de gastos excessivos ou desnecessários. Assim, é possível redirecionar seu dinheiro para investimentos, poupança ou outras necessidades prioritárias.

Orçamento Doméstico

O orçamento doméstico é direcionado para os gastos relacionados à casa e a tudo o que é necessário para o bom funcionamento do lar. Isso inclui a alimentação, que consome boa parte dos recursos.

No entanto, há outros itens, como contas de água, energia elétrica, internet, telefone, além de despesas com manutenção e melhorias na casa. Tudo precisa ser eficiente economicamente.

Uma das principais dificuldades enfrentadas ao lidar com esse tipo é envolver todos os membros da família nessa causa, principalmente quando há várias pessoas juntas. É importante que todos estejam comprometidos e engajados para ter sucesso.

Orçamento Público

O orçamento público é um processo essencial de planejamento e gestão das finanças governamentais. Trata-se de um instrumento que estabelece as receitas e despesas do setor público em um determinado período, geralmente um ano fiscal.

O principal objetivo é alocar adequadamente os recursos disponíveis, de forma a atender às necessidades da sociedade e promover o desenvolvimento econômico e social.

Por meio desse processo, os governos definem suas prioridades de investimento e direcionam os recursos para áreas como saúde, educação, infraestrutura, segurança, entre outras.

Se bem elaborado e executado, contribui para a estabilidade econômica, o crescimento sustentável e a melhoria da qualidade de vida da população.

Orçamento Participativo

Essa é uma abordagem de gestão financeira com a participação ativa dos cidadãos na definição das prioridades e alocação dos recursos públicos.

Nesse modelo, as pessoas têm a oportunidade de contribuir diretamente para a tomada de decisões sobre como o orçamento será utilizado em sua comunidade ou região.

Uma das principais características do orçamento participativo é a inclusão social. Isso porque permite a voz ativa de grupos diversos para expressar suas necessidades, propor projetos e influenciar diretamente as políticas e programas que afetam suas vidas.

Orçamento Familiar

Abrange não apenas a organização das despesas diárias da família, mas também os objetivos de longo prazo que envolvem todos os membros. Pode incluir a faculdade, uma viagem ou saídas semanais para entretenimento.

O controle financeiro pode ser um desafio maior, pois as fontes de renda e os gastos se multiplicam com as diferentes necessidades e preferências de cada membro da família.

Ilustração com gestora segurando calculadora

No entanto, o segredo para um orçamento familiar bem-sucedido está na manutenção da disciplina e do comprometimento de todos os envolvidos.

Uma estratégia eficaz é utilizar uma planilha compartilhada, na qual todos possam registrar e atualizar suas receitas e despesas em tempo real.

Como Fazer Um Orçamento?

Quando se trata de estabelecer um orçamento eficiente, existem várias etapas e princípios fundamentais que podem ser aplicados. Embora as abordagens possam variar, as dicas a seguir são úteis para qualquer método escolhido.

Estabeleça Metas E Objetivos

Comece com a definição de metas e objetivos claros. Pergunte-se o que você deseja alcançar financeiramente e estabeleça prioridades para orientar seus gastos.

Compreenda os Custos Relacionados ao Faturamento

Esse ponto é crucial para os passos seguintes do planejamento financeiro. Nessa etapa, é necessário calcular os custos diretamente ligados ao crescimento da empresa. É fundamental ter acesso a todas as informações financeiras para realizar cálculos precisos.

Faça o Detalhamento das Despesas

Agora é o momento de estimar todas as despesas não relacionadas diretamente ao faturamento. Nessa etapa, é importante considerar todas as áreas da empresa, incluindo despesas operacionais, pessoal, administrativas e de marketing.

É essencial fazer um planejamento para o ano, considerando possíveis mudanças em cada uma dessas áreas, como contratação de novos funcionários.

Projete o Fluxo de Caixa

A penúltima etapa do planejamento consiste em projetar o fluxo de caixa para o período determinado. Além dessa projeção, é importante analisar a situação financeira atual da empresa.

Acompanhe os Resultados

É indispensável realizar um acompanhamento detalhado do planejamento financeiro. Aqui é possível identificar melhorias rápidas para o negócio, o que contribui para os resultados da empresa.

Dicas Para Cuidar Do Orçamento Da Empresa

Para criar um orçamento eficaz, é importante seguir algumas premissas essenciais. Assim, você estará mais preparado para tomar decisões financeiras sólidas e alcançar os objetivos do seu negócio de forma sustentável. São elas:

  • conheça o ciclo financeiro do seu negócio para considerar a vulnerabilidade do caixa em determinados períodos;
  • estime o crescimento do empreendimento, que pode afetar o aumento de preços, diversificação do mix de produtos ou ganho de participação de mercado;
  • utilize o Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE) para entender o aspecto do caixa;
  • gerencie o seu saldo em caixa, pois se for o caso, é importante traçar um plano para alavancar o negócio e garantir a disponibilidade de recursos;
  • analise cuidadosamente as despesas e questione sua necessidade, assim como identifique oportunidades de otimização ou negociação de valores fixos.
BANNER Facilite o acesso ao DRE com o ERP WebMais

Conclusão

O orçamento não é apenas um exercício teórico, mas uma prática que demanda comprometimento e disciplina.

Ao mantê-lo sólido, você pode identificar oportunidades de crescimento, controlar seus gastos, otimizar recursos e direcionar seus esforços para alcançar suas metas financeiras.

Se você deseja levar sua gestão financeira para um patamar ainda mais eficiente, agende uma demonstração gratuita do ERP da WebMais. Nossa solução moderna e completa pode ajudar a simplificar e automatizar seus processos!

Deixe um comentário