Gestão da Qualidade: O que é, principais pilares e benefícios

Entenda O Que É Gestão da Qualidade, Quais Seus Principais Pilares e Benefícios!

Oferecer um bom produto ao cliente é um dos principais objetivos de qualquer empresa. Afinal, sem um bom produto fica difícil fidelizar consumidores e manter a boa imagem da marca no mercado.

A gestão da qualidade é uma prática que ajuda a empresa a encontrar os melhores fluxos produtivos, se destacar em meio à concorrência e conseguir crescer em um mercado tão competitivo.

Neste conteúdo, você vai saber tudo sobre gestão da qualidade: o que faz, quais são os seus princípios e benefícios que traz para os negócios. 

Boa leitura!

O Que É Gestão da Qualidade?

A gestão da qualidade é a prática de supervisionar todas as atividades e processos que fazem parte da criação de um produto ou serviço. O seu principal objetivo é garantir que as entregas sejam feitas conforme as expectativas e exigências dos clientes. 

Ela se divide em dois suportes: a garantia da qualidade e a sua melhoria. O primeiro visa certificar que o produto está de acordo com o que é esperado e, o segundo, trata dos processos necessários para que o produto seja aperfeiçoado.

Podemos dizer, portanto, que a gestão da qualidade é um trabalho contínuo.

Quais os Objetivos da Gestão da Qualidade?

O principal objetivo dessa prática é fazer a empresa ter uma cultura voltada para a qualidade. Quando isso acontece, cada colaborador entende a necessidade de se dedicar a isso e ao aprimoramento constante.

Como dizem os especialistas, a qualidade é uma corrida contínua em busca de melhoria, mas sem linha de chegada.

Como Funciona a Gestão da Qualidade?

Agora que você já conhece o conceito de gestão de qualidade, vamos partir para a prática? Existe um conjunto de normas desenvolvidas especialmente para orientar as empresas na implementação dessa prática. 

Os padrões são definidos pela American Society for Quality (ASQ), entidade presente em mais de 130 países. Todas as normas e conceitos constam no Quality management System (QMS), ou sistema de gestão da qualidade.

O QMS define um método para documentar processos, procedimentos e responsabilidades, que vão ajudar a empresa a atingir os seus objetivos em relação à qualidade dos produtos ou serviços.

Na prática, a essa gestão funciona com o uso de tecnologias, ferramentas e workframes que ajudam a padronizar os processos. Nesse cenário, o envolvimento dos colaboradores e o apoio dos gestores são fundamentais para o sucesso das estratégias.

Quais os 7 Princípios da Gestão da Qualidade?

Você já ouviu falar em ISO 9001:2015? Essa é a Norma Internacional para Gestão da Qualidade, e ela define alguns princípios para orientar as empresas para um melhor desempenho. A seguir, você vai conhecer cada um deles.

Quais os 7 Princípios da Gestão da Qualidade?

Foco no Consumidor
Liderança
Gestão dos Relacionamentos
Melhoria Contínua
Engajamento das Pessoas
Abordagem dos Processos
Tomada de Decisão.

Foco no Consumidor

Um dos principais objetivos de criar produtos e oferecer serviços de qualidade é a satisfação do cliente. O ideal é, pelo menos, corresponder às expectativas, mas as empresas devem trabalhar para superá-las e surpreender positivamente. 

Para isso, as organizações devem conhecer bem as necessidades dos consumidores. Assim, é possível criar produtos que sejam realmente úteis.

Liderança

É papel dos líderes das organizações transmitir uma cultura voltada para a qualidade, além de criar e manter um ambiente de bem-estar, onde todos possam desempenhar as suas atividades da melhor forma possível e se sintam motivados a alcançar os objetivos.

Gestão dos Relacionamentos

Para garantir a qualidade e sustentar o crescimento do negócio, as empresas devem construir e manter bons relacionamentos com as demais partes envolvidas no trabalho, ou seja, os fornecedores.

O trabalho em equipe que surge por meio de alianças estratégicas e parcerias facilita a geração de valor e a satisfação das expectativas dos clientes.

Melhoria Contínua

Como já falamos, a gestão da qualidade visa a constante otimização de processos, para que o trabalho seja cada vez mais eficiente e desenvolva produtos de melhor qualidade. 

Para isso, é fundamental que os gestores das áreas estejam sempre analisando resultados e encontrando pontos de melhorias.

Engajamento das Pessoas

Os gestores devem procurar fazer com que todos os colaboradores estejam engajados, cientes de suas metas e comprometidos com elas. Essa conscientização é fundamental para o crescimento da empresa.

Além do mais, quando todos entendem o impacto do seu trabalho, se sentem mais motivados e trabalham melhor.

Por isso, investir em capacitação e treinamento é tão importante quanto comprar matériasprimas de qualidade.

Abordagem dos Processos

Todas as pessoas da equipe devem conhecer os processos da empresa e saber por que cada um é importante. Afinal, todos os processos estão inter relacionados e funcionam como um único sistema.

Tomada de Decisão

O processo de tomada de decisão dentro de um sistema de gestão da qualidade deve sempre se basear em fatos e dados provenientes de indicadores. É dessa forma que a gestão consegue tomar decisões mais acertadas e confiáveis.

Qual a Importância da Gestão da Qualidade?

Se você ainda não trabalha com gestão de qualidade na sua empresa, é hora de começar. 

A ausência dessa prática nas indústrias pode trazer consequências como a impossibilidade de crescimento e a baixa competitividade – ou seja, ela está diretamente relacionada ao sucesso ou fracasso de um negócio.

Ela é importante porque define critérios claros que a produção deve seguir para obter produtos de qualidade. E esses critérios se aplicam a todos os processos, sem exceção, desde a operação até o atendimento ao cliente.

Uma empresa que tem processos bem definidos e eficientes com certeza tem mais chances de se desenvolver e manter sua boa imagem perante o público.

Quais os Benefícios da Gestão da Qualidade?

Quais os Benefícios da Gestão da Qualidade?

Aumento da produtividade;
maior controle sobre processos;
satisfação do cliente;
redução de custos;
melhor aproveitamento de recursos;
aumento do desempenho financeiro;
melhor comunicação interna.

Investir na gestão da qualidade traz os seguintes benefícios para a empresa:

  • aumento da produtividade;
  • maior controle sobre processos;
  • satisfação do cliente;
  • redução de custos;
  • melhor aproveitamento de recursos;
  • aumento do desempenho financeiro;
  • melhor comunicação interna.

Conclusão

Como você pôde entender com a leitura, a gestão da qualidade é fundamental para que uma empresa se mantenha competitiva e atenda as expectativas dos clientes. Para que ela se torne uma prática constante, é preciso contar com a tecnologia.

O ideal é ter um sistema de gestão que facilite a visão geral do negócio e, ao mesmo tempo, permita o acompanhamento dos processos de cada uma das áreas da empresa. 

Assim fica muito mais fácil obter informações e tomar decisões com base em dados.

Deixe um comentário

12 − 5 =