migração de erp

Migração de ERP: quando e como fazer da forma correta

Apesar de fundamental para a manutenção da produtividade e eficiência das indústrias e distribuidoras, a migração de ERP não é uma tomada de decisão fácil. 

O que geralmente acontece é que a ferramenta acaba se tornando obsoleta e os erros ou a lentidão atrapalham os vários setores que a utilizam. Mas, ao mesmo tempo, escolher um novo fornecedor e trocar de sistema pode até paralisar a produção por tempo indeterminado. 

É preciso saber identificar a hora certa de apostar na migração de ERP e escolher a parceria certa para que todo o processo caminhe com fluidez e agilidade. Neste caso, a WebMais possui um corpo técnico especializado para guiar este momento de transição. Além disso, a empresa ainda disponibiliza um técnico, que ficará exclusivamente dedicado às necessidades do cliente enquanto durar o período. 

Continue a leitura do post para entender quando é a hora certa de migrar e como funciona o processo de troca de ERP da WebMais. 

Quando é a hora certa de apostar na migração de ERP?

Antes da tomada de decisão, é necessário analisar alguns desafios que indicam que a hora de apostar na migração de ERP chegou. Vamos citar alguns deles a seguir:

1- Falta de segurança 

Todas as informações financeiras, de logística, estoque, compras, vendas e contatos de fornecedores, entre tantas outras, estão armazenadas dentro do ERP. Mas você confia cegamente nos dados que visualiza pela plataforma? Ela realmente disponibiliza informações atualizadas e em tempo real, ou é necessário fazer conferências para ter certeza? 

Além disso, seus dados estão protegidos de ameaças cibernéticas, ou você vive com medo de ataques e vazamento de informações? O ERP é um ativo fundamental dentro das empresas, e precisa suprir as necessidades básicas de controle e também garantir a segurança das informações obtidas.

2- Falta de controle 

Com os investimentos em transformação digital, indústrias têm crescido dia após dia, e nem sempre as funcionalidades do ERP conseguem acompanhar estas mudanças. Muitas vezes, as plataformas acabam não trazendo todos os resultados necessários, ou mostrando informações desatualizadas. 

Investir em uma ferramenta escalável, que realmente consiga acompanhar o crescimento da empresa e atenda as maiores dores é um passo importante na busca por uma melhor performance. 

3- Instabilidade, lentidão e custos 

Muitas vezes a falta de controle e a insegurança não são problemas vividos pela indústria, porém nem sempre a ferramenta está disponível quando necessário, porque a instabilidade dos servidores ainda é um grande desafio. 

Por ser um ERP grande e complexo, acaba gerando lentidão e frustrando gestores e demais colaboradores. Será que os valores pagos atualmente cobrem toda essa dor de cabeça? 

Hoje o mercado já oferece algumas ferramentas criadas especificamente para suprir os desafios vividos pelas indústrias e distribuidoras, com um custo bastante competitivo que pode ser surpreendente. 

Agora, antes de tomar a decisão de migrar, é preciso entender quais os riscos a empresa corre caso faça uma escolha errada e como funciona este processo. Confira agora.

sistema de gestao webmais 01

Que potenciais riscos merecem mais atenção na migração de ERP? 

Um dos principais erros da migração de ERP é adquirir um sistema pensando apenas nas dores que o anterior causava. Pode ser uma boa ideia, neste caso, fazer uma listagem de todas as expectativas que os tomadores de decisão esperam da nova tecnologia para ter certeza de que ela realmente oferece as funcionalidades necessárias. 

Outro importante risco a ser citado ocorre durante a transição dos dados. Ao escolher o novo sistema, é necessário certificar-se de que sua empresa não irá perder nenhuma informação importante, principalmente aquelas que possam causar efeitos negativos na gestão do negócio. 

Atente-se se a política de backups está em dia antes de tomar qualquer decisão. E nunca se esqueça de que confiar na integridade dos dados e na estabilidade dos servidores são riscos que também merecem atenção. 

Como funciona a migração de ERP?

Assim que a necessidade de mudar de sistema ERP é identificada, é necessário procurar no mercado uma empresa que ofereça uma plataforma que realmente seja capaz de melhorar todo o dia a dia da sua indústria, como a WebMais, por exemplo. 

Tomada a decisão, a fornecedora do software deverá mapear sua empresa para identificar as necessidades, como quais módulos deverão ser contratados, se alguma personalização será necessária, o prazo até que o processo seja finalizado e todos os custos envolvidos.

Na migração de ERP para a WebMais, por exemplo, é disponibilizado um técnico para acompanhar todo o processo, orientando e solicitando as informações necessárias. Além disso, a migração é realizada utilizando dados já existentes na empresa, para evitar a perda de informações importantes. 

Outro fator importante que ocorre durante a migração da WebMais é que a empresa acompanha de perto o processo de adequação dos usuários à plataforma, tirando dúvidas e mostrando os passos até que todos adquiram autonomia para conseguir utilizar a ferramenta por conta própria.

A WebMais também reconhece a importância que os dados têm para que a empresa possa manter sua performance em dia. Por isso, oferece, ainda, um bom serviço de suporte, preservando a integridade das informações e garantindo a estabilidade dos servidores para que o processo de migração e pós-migração seja concluído com qualidade e rapidez.    

Como escolher a fornecedora do novo ERP?

Alguns mitos acabam tornando a migração de ERP ainda mais difícil porque ‘assustam’ a direção ao afirmarem cenários como perda de dados importantes, instabilidade, atendimento ruim e falta de acompanhamento no pós-venda.

Realmente, todos estes podem ser problemas muito grandes, mas que podem ser evitados com muita pesquisa, negociação e dedicação na hora de escolher a empresa adequada que irá fornecer a tecnologia. 

A WebMais oferece um sistema especializado em indústria e distribuição e possui uma equipe treinada e capacitada que já ajudou mais de 1,6 mil clientes em todo o Brasil, conquistando um índice de satisfação acima de 95%. Acesse nosso site e fale com nossos consultores!

2 Comentários “Migração de ERP: quando e como fazer da forma correta

Deixe um comentário

três × 3 =