balancete: saiba o que é e sua importância

Entenda O Que É Balancete E A Importância Para As Empresas

Imagem de Sanon Matias

O balancete é uma das principais demonstrações contábeis de uma empresa. Em resumo, ele é uma lista de todos os débitos e créditos do negócio, e indica também o saldo da empresa.

Ou seja, ele é muito importante para o controle interno e ajuda a analisar a saúde financeira da organização. Por isso, todo empresário deve conhecer esse documento e saber como emiti-lo.

Para ajudar, preparamos este conteúdo sobre essa demonstração contábil! Aqui, você vai entender quais são as suas finalidades, a sua importância, os tipos e como fazer o do seu negócio. Boa leitura!

O Que É Balancete?

O balancete é uma demonstração contábil, usada por contadores e empreendedores para analisar a saúde financeira da empresa. Isso é feito por meio de dados sobre créditos, débitos e saldos.

Essa demonstração contábil não é obrigatória, mas a sua utilização pode fazer muita diferença na gestão financeira e contábil da empresa, principalmente porque ele ajuda a prevenir erros nas contas.

A periodicidade dessa análise pode variar. Há empresas que fazem mensalmente, outras quinzenalmente – e até aquelas que têm balancetes diários. Tudo depende dos seus objetivos e da quantidade de movimentações do negócio!

Por Que É Importante Realizar O Balancete De Verificação?

Como falamos, ainda que não seja obrigatório, essa demonstração contábil é bem importante. 

É a partir dele que o gestor consegue ter uma visão realista sobre a saúde financeira da empresa – com o balancete, é possível saber, por exemplo, se a empresa tem capacidade de pagar por tudo o que possui.

Com essas informações em mãos, o gestor consegue tomar decisões mais acertadas sobre os próximos passos, sabendo quando é preciso economizar e quando é possível fazer novos investimentos.

O balancete também é importante para demonstrar a situação financeira da empresa para investidores em potencial, acionista, fornecedores e instituições financeiras.

Qual A Finalidade Do Balancete?

qual a finalidade do balancete

A principal finalidade do balancete é demonstrar a situação atual da empresa, em relação às finanças. Por meio dele, o gestor de uma empresa pode:

  • acompanhar a performance da empresa em relação a suas metas;
  • levantar dados para um planejamento mais preciso;
  • tomar decisões orientadas por dados;
  • identificar potenciais reduções de custos;
  • saber quando é possível fazer novos investimentos.

Por ser uma antecipação do Balanço Contábil (e esse sim é obrigatório), essa demonstração contábil pode ainda adiantar possíveis divergências de lançamentos contábeis. 

Identificando os erros antecipadamente, o gestor consegue se organizar para garantir que, no final do exercício, tudo esteja correto.

Como Utilizar O Balancete?

Além de saber para que serve e como fazer um balancete, é importante que o gestor da empresa saiba como fazer a análise dos seus dados. 

O primeiro ponto para isso é conhecer as diferenças entre os débitos e os créditos. Só assim é possível fazer o preenchimento correto do documento!

Depois, o gestor deve ter em mente que, para o equilíbrio financeiro, os créditos e os débitos devem se igualar. Quando isso não acontecer, provavelmente há algum erro na contabilidade da empresa.

Todas as informações sobre entradas e saídas do caixa da empresa ajudam a verificar quais setores estão trazendo mais lucros e quais estão tendo custos desnecessários. A partir disso, o gestor pode reestruturar ações, realocar recursos, entre outras coisas.

Quais Os Tipos De Balancete?

Existem quatro tipos de balancete. A principal diferença entre eles é a forma como as contas são apresentadas. Saiba mais a seguir!

Balancete Analítico

No balancete analítico, as contas da empresa são detalhadas com o máximo de informações. Ele é um relatório mais extenso e exige uma análise mais minuciosa.

Balancete Sintético

Já o balancete sintético funciona como um resumo, trazendo somente os números finais das principais contas patrimoniais da empresa.

Balancete De Verificação Inicial

Este balancete é feito com base nas apurações iniciais da empresa, como o nome indica. Ele é feito antes da Apuração de Resultados do Exercício. Na prática, ele funciona como um ponto inicial de verificação e serve como base para o próximo tipo de balancete.

Balancete De Verificação Final

O balancete de verificação final contempla somente as contas patrimoniais da empresa. Nele, as contas de resultado são apagadas por conta da Apuração de Resultados do Exercício. 

É este balancete que determina se os resultados do negócio em um determinado período foram positivos ou negativos. No documento, são descritos os seguintes dados:

  • ativos;
  • passivos;
  • patrimônio líquido;
  • contas de resultado encerradas na apuração do resultado;
  • lucro ou prejuízo para o patrimônio líquido.

Como Fazer O Balancete De Verificação?

como fazer o balancete de verificação

O primeiro passo para fazer o balancete de verificação é conhecer bem os conceitos que estão envolvidos nesse documento: 

  • ativos: são todos os bens e direitos da empresa;
  • passivos: são as obrigações financeiras da empresa;
  • patrimônio líquido: é a soma de todos os recursos próprios do CNPJ;
  • resultado: apuração final das contas de receitas e despesas;
  • receitas: valores recebidos e/ou a receber;
  • despesas: são o dever de cumprir uma obrigação financeira.

Com esses conceitos em mente, siga esse passo a passo para construir esse demonstração contábil:

  1. defina o que você quer ver: saiba também qual o nível de detalhe você quer em seu balancete;
  2. faça lançamentos nas contas com a sua movimentação: registre todas as operações tendo como base o seu extrato bancário e o seu controle financeiro;
  3. apure resultados: some o total de débitos e créditos de cada conta;
  4. monte o seu balancete: adicione o total de débitos ao saldo anterior e deduza o total de créditos para encontrar o saldo atual da conta. Depois é só estruturar as contas na sequência correta!

Qual A Diferença Entre Balanço Patrimonial E Balancete?

O balancete, como você já sabe, serve para demonstrar os movimentos financeiros em um determinado período, que pode ser de meses, semanas, ou até mesmo dias. Ele considera ativos, passivos, receitas e despesas.

Já o Balanço Patrimonial é um relatório mais resumido, que traz somente a indicação de ativos e passivos – e é realizado após o encerramento do balancete. Outra diferença é que o Balanço Patrimonial é uma demonstração contábil obrigatória.

Conclusão

O balancete, apesar de não ser uma obrigação do empresário, é uma ferramenta que pode servir como base para análise sobre a saúde financeira do negócio – e por isso ele é tão importante!

Para tornar as suas análises ainda mais precisas, a nossa dica é que você utilize um ERP completo, como o Webmais, que armazena e organiza as informações sobre finanças e contabilidade da empresa (além de diversas outras áreas). 

Dessa forma, você tem acesso fácil a relatórios completos sobre os resultados do negócio e pode tomar decisões ainda mais acertadas.

Deixe um comentário